Sem 21 jogadores após surto de Covid-19, São Bento usa goleiro na linha e arranca empate heroico contra Criciúma na Série C


Em um jogo atípico e que ficará na história do futebol brasileiro como retrato da pandemia do coronavírus, São Bento e Criciúma empataram em 0 a 0, na noite desta segunda-feira, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, em jogo válido pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Com 21 desfalques – sendo 15 jogadores com Covid-19, dois afastados com sintomas, três lesionados e um suspenso, o São Bento conseguiu segurar o empate com apenas um jogador no banco de reservas: o goleiro Lucas Macanhan, que precisou entrar como atacante no segundo tempo. Com o empate, o São Bento permanece na zona de rebaixamento com nove pontos, mas deixa o Boa Esporte na lanterna do Grupo B. O Criciúma fica no limite do G-4 com 16 pontos, quatro a menos que o Londrina, terceiro colocado.*GE

Bahia vence de virada e ganha quatro posições; Atlético-MG perde a liderança


Bahia e Atlético-MG entraram em campo em Pituaçu, na noite desta segunda-feira, com objetivos diferentes. O time da casa buscava a vitória para se afastar da zona de rebaixamento e começar a pensar na parte de cima da tabela. O Galo visava recuperar o posto mais nobre da classificação. O time mineiro fez um primeiro tempo muito bom, marcou um gol (com Savarino) e perdeu chances para ampliar. Na etapa final, os baianos dominaram. O empate veio com Daniel, e Gilberto, que saiu do banco, foi o nome do jogo, com os dois gols que fecharam o 3 a 1. *GE

Neymar declara apoio a Robinho, condenado por estupro na Itália


Foto: Band TV

O atacante Robinho conta com um forte apoio para tentar superar a atual polêmica que vive, a do jogador Neymar. Em entrevista ao Fox Sports, o ex-Santos contou que o pupilo, que em 2019 também foi acusado de estupro por uma modelo, se colocou a disposição para ajudar no que for possível.

“O Neymar mandou mensagem. Ele se disponibilizou a ajudar, apoiar. Isso é para ver que não é só comigo, acontece com outros”.

Na reportagem, o jogador conseguiu enxergar um ponto positivo na polêmica e acredita que o processo fez com que ele se dedicasse a carreira e a vida pessoal, além de reaproximar ele de Deus.

“Se não fosse o processo, talvez minha carreira estivesse pior, talvez eu não estivesse jogando bem como estou. (…) Foi muito difícil. Minha esposa queria terminar o relacionamento. Já tínhamos dois filhos. Mas ela me perdoou. E por causa do que ela fez, eu me aproximei de Deus, eu me converti. (…) Quando chegou a notificação sobre o processo, foi muito difícil, eu chorei muito, mas contei a verdade para minha esposa”, disse o atacante.

Para o atleta a lição que fica é de respeito a companheira. “Que sirva de exemplo aos garotos que estão começando, que respeitem a esposa. Minha esposa está comigo desde os meus 15 anos, então isso mostra que ela nunca teve interesse no meu dinheiro”.

Robinho perdeu o contrato com o Santos pouco menos de 1 semana após ser anunciado como o novo reforço do time. O atacante culpou a mídia e o movimento feminista pela queda no time. *Bahia.Ba

Flamengo empata com Bragantino e perde chance de virar líder


O Flamengo entrou em campo nesta quinta-feira (15) no estádio do Maracanã com uma missão clara, derrotar o Bragantino para assumir a liderança isolada do Campeonato Brasileiro. E a missão não parecia tão complicada, pois o Rubro-Negro teria pela frente um adversário que vive uma situação completamente diferente, pois ocupa a vice-lanterna da competição nacional.

Porém, a equipe da Gávea jogou mal e ficou apenas no 1 a 1 com o Massa Bruta em partida da 16ª rodada da competição.

No Mineirão, Atlético-MG empata com Fluminense no Brasileiro


O líder Atlético-MG empatou em 1 a 1 nesta quarta (14), no estádio do Mineirão, com o Fluminense em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, o Flamengo (que enfrenta o Bragantino na quinta) tem a oportunidade de assumir a ponta da classificação.

Sabendo que enfrentaria a intensidade do Galo, o técnico Odair Hellmann optou por uma formação mais jovem e leve, abrindo mão dos veteranos Nenê e Fred, que nem ficaram no banco. E a aposta se mostrou acertada, pois o Tricolor igualou as ações diante do time mineiro.

E o Fluminense abriu o placar aos 19 minutos, quando Caio Paulista (que entrou no lugar do peruano Fernando Pacheco, que se machucou com 1 minuto de partida) acertou um belo chute da entrada da área para vencer Everson.

Perdendo, o Galo buscava o gol, mas esbarrava na boa atuação coletiva do time carioca no primeiro tempo. Assim, o empate vem apenas na etapa final, quando o confronto muda de figura, com o Atlético-MG mais incisivo. Com isso, o 1 a 1 sai aos 6 minutos, quando Guilherme Arana marca após receber de Marrony.

O Atlético-MG tenta demais o segundo gol, mas esbarra na falta de pontaria e na boa atuação do goleiro Muriel, que brilha e segura o empate em 1 a 1.

Em jogo fraco, Messi faz de pênalti, e Argentina vence Equador na Bombonera


Depois de quase um ano, a Argentina voltou a campo com algumas caras novas, mas algo não muda: Messi salva. Com gol solitário de pênalti do camisa 10, a Albiceleste venceu o Equador por 1 a 0, na Bombonera, na estreia pelas eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo. Foi o suficiente em uma vitória com ressalvas. A penalidade foi polêmica. E a partida foi de pouca criatividade dos dois lados. GE.

De virada, Atlético-MG goleia Vasco e abre cinco pontos na liderança do Brasileiro


Como aconteceu em outras duas partidas nesse Brasileirão, o Atlético-MG saiu atrás no placar, mas logo demonstrou grande poder de reação. O time de Sampaoli viu Benitez abrir o placar para o Vasco logo no início da partida, mas virou com Arana, Savarino, Guga e Keno. De goleada, por 4 a 1, o Atlético-MG terminou a rodada na liderança e chegou à sequência de quatro vitórias consecutivas. Já o Vasco não vence há três jogos e está fora do G-6.

Daniel Alves, do São Paulo, posa com camisa 10 do Boca Juniors na véspera de decisão contra River


Daniel Alves, do São Paulo, posou com uma camisa 10 do Boca Juniors nesta terça-feira, véspera do duelo decisivo contra o River Plate, quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Argentina, pela Copa Libertadores.

Isso porque nesta terça-feira o São Paulo treinou no CT do Boca Juniors, arquirrival do River Plate. O próprio Tricolor publicou fotos no local.

– Com todo meu respeito a todos os 10 do Boca e que nesse momento é de Carlitos Tevez, muito obrigado pelo carinho e respeito de sempre. É um honra ter essa camisa em minha coleção – escreveu Daniel Alves em suas redes sociais.

Daniel Alves, do São Paulo, recebe camisa do Boca com seu nome — Foto: Reprodução

                                          Daniel Alves, do São Paulo, recebe camisa do Boca com seu nome — Foto: Reprodução

O nome de Daniel Alves foi apontado como alvo do Boca Juniors por publicações na imprensa argentina há alguns meses.

Fonte: globoesporte.com

Time português é obrigado a voltar do estádio a pé após derrota


Os torcedores mais apaixonados certamente já tiveram vontade de fazer o seu time voltar a pé do estádio após uma derrota. Esses se sentiram vingados no último fim de semana com um episódio que aconteceu com o Lusitania Lourosa, time da terceira divisão portuguesa. Torcedores da equipe elogiaram a atitude do presidente de dispensar o ônibus.

O episódio foi descrito pelo sindicato dos jogadores de futebol como “lamentável”, já que o time dispensou o ônibus que levaria de volta os atletas ao centro de treinamento. O Lourosa perdeu a partida por 1 a 0 para o rival local São João de Ver no domingo. Os jogadores deixaram o estádio e tiveram de caminhar 5 km até a sede do clube.