Rebeca ganha ouro e entra de vez na história dos esportes no Brasil


Rebeca Andrade entrou de vez para a história dos esportes olímpicos no Brasil, neste domingo. A ginasta conseguiu a medalha de ouro no salto sobre o cavalo nas Olimpíadas de Tóquio e se tornou a primeira brasileira a ganhar duas medalhas na mesma edição dos jogos. Na última quinta-feira (29) ela já tinha conseguido a prata no individual geral.

Na competição desta domingo, Rebeca emplacou a nota 15.083, garantindo o primeiro lugar. Mykayla Skinner, dos Estados Unidos ficou na segunda colocação e Seojeong Yeo, da Coreia do Sul, em terceira.

Ela ainda pode igualar a marca da judoca Mayra Aguiar e da jogadora de vôlei Fofão, que conquistaram três medalhas em edições diferentes, já que nesta segunda-feira (2) ainda vai disputar a final do solo. Caso entre no pódio, Rebeca iguala a marca do canoísta baiano Isaquias Queiroz na Rio-2016.

Governo da Bahia ainda não discute retorno do público aos estádios


Pelo menos por ora, a Bahia não tem previsão para liberar público nos estádios de futebol. A informação foi divulgada ao Bahia Notícias pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, nesta quinta-feira (29).

“Por enquanto, não discutimos sobre o assunto. Caso tenha algum pensamento, nos reuniremos para decidir”, afirmou, em entrevista ao BN.

 

Davidson foi questionado sobre o assunto porque, nesta quinta, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), anunciou o protocolo gradual de flexibilização da cidade. Na primeira etapa, serão liberados estádios e boates com 50% do público. Isto, no entanto, depende que 77% dos cariocas já tenham recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19, e 45% a segunda dose, segundo o portal G1. O gatilho para o início desta fase deve ocorrer em 2 de setembro no Rio (leia mais aqui).

 

Na Bahia, embora não tenha havido o início das discussões sobre o tema por parte do governo do estado, flexibilizações já foram postas em prática nas últimas semanas. 

 

À contragosto da APLB-Sindicato, a Secretaria de Educação promoveu o início das aulas semipresenciais. Além disso, foram liberados eventos com 200 pessoas.

 

Confira resultados da Olimpíada de Tóquio neste domingo


O quinto dia de disputas nos Jogos Olímpicos de Tóquio tiveram encerramento. Neste domingo (25), o Brasil ganhou as suas duas primeiras medalhas com Kelvin Hoefler, prata no skate, e Daniel Cargnin, bronze no judô.

Além disso, houve outros destaques: o baiano Breno Correia avançou à final do revezamento 4×100 m livre junto com a equipe brasileira, e a ginasta Rebeca Andrade se superou e foi a três finais. Confira:

(mais…)

Homem é preso pela 2ª vez por aliciar menores com promessa de jogarem futebol


Um homem suspeito de aliciar meninos menores de idade com a promessa de serem jogadores de futebol foi preso, em flagrante, nesta quinta-feira (22). A prisão aconteceu em Xerém, distrito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

De acordo com o jornal ‘O Globo’, é a segunda vez, em sete meses, que o suspeito é detido pelo mesmo crime. Em dezembro do ano passado a polícia prendeu o homem pelo mesmo motivo.

O suspeito foi preso em operação conjunta da Polícia Civil e Conselho Tutelar, em um sítio. Haviam 17 adolescentes no local, seis deles do Pará e do Amazonas. O espaço era usado para o treinamento e alojamento dos menores.

Segundo as investigações, o suspeito atraía as famílias das vítimas com falsas promessas de que um dia os jovens jogariam nos grandes clubes do Rio e cobrava uma taxa de R$ 400 para custear treinamento e estadia.

CBF diz que Séries C e D podem ter VAR ainda neste ano


CBF sinaliza positivamente e Séries C e D podem ter VAR ainda neste anoFoto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve implantar o VAR nas Série C e D do Campeonato Brasileiro ainda neste ano, segundo apurou o Bahia Notícias.
A ideia da entidade é colocar o árbitro de vídeo a partir da segunda fase da Série C e nas quartas de final da Série D.
O pleito para implantar o VAR nas competições foi uma solicitação global, principalmente das Federações e também dos clubes. Ednaldo Rodrigues, vice-presidente da CBF, solicitou um estudo técnico e financeiro para inserir o árbitro de vídeo nas Séries B, C e D durante uma reunião da diretoria da entidade e contou com o apoio de todos os outros sete vice-presidentes. O parecer da análise foi positivo.
Nos próximos dias, a CBF deverá oficializar a decisão de implantar o VAR nas Séries C e D.
VAR na Série B no returno
Na semana passada, o presidente do Avaí e da Associação Nacional de Clubes de Futebol (ANCF), Francisco Batistotti, revelou que a CBF pretende implantar o VAR na Série B a partir do returno. A questão já está praticamente definida e faltam pequenos detalhes para o anúncio oficial.

Promessa do boxe alimenta esperança de novo ouro olímpico para a Bahia


O interesse de Keno Machado pelo boxe surgiu despretensiosamente, mas se tornou coisa séria e lhe garantiu passagem para ir até o outro lado do mundo. O jovem pugilista criado em Conceição do Almeida, no Recôncavo Baiano, é um dos sete representantes do boxe brasileiro nas Olimpíadas de Tóquio, que começam no dia 23. Ele irá competir na categoria até 81 quilos e pode fazer com que a Bahia, pela segunda Olimpíada seguida, ganhe uma medalha no esporte.

Também conhecido como Keno Marley, leva o segundo nome como referência ao famoso cantor de reggae, o que surgiu como uma ideia do irmão Diego. “Ele gostava muito de Bob Marley, da ideologia, e quando Diego sugeriu, minha mãe gostou do nome”, revela o atleta de 20 anos. Nascido em Sapeaçu, também no Recôncavo, e criado ao lado dos três irmãos mais velhos em Conceição do Almeida, Keno é atleta da seleção olímpica desde 2018, ano em que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude. A trajetória no esporte começou alguns anos antes disso – uma década atrás, para ser mais específico. Leia mais no CORREIO

Primeiro caso de Covid-19 na Vila Olímpica em Tóquio é registrado


O Comitê Organizador das Olimpíadas em Toquio confirmou o primeiro caso de covid na Vila Olímpica neste sábado (17). Faltando nove dias para o início do evento, a pessoa, que não teve a identidade revelada, testou positivo para a doença e foi retirada da Vila e encaminhada para um hotel, onde permanecerá isolada.

Segundo os organizadores, o infectado é um visitante estrangeiro que está trabalhando na organização do evento e não um atleta.

No início deste mês, a cidade de Tóquio entrou em um novo estado de emergência para conter a Covid-19 em meio a dúvidas sobre a possibilidade do evento esportivo ocasionar um aumento de casos da doença.

Argentina vence Brasil por 1 a 0 e conquista um título após 28 anos


A Argentina conquistou um título após 28 anos. Em um jogo truncado e com várias faltas, os argentinos fizeram 1 a 0 com Di Maria ainda no primeiro tempo e foram campeões da Copa América neste sábado (10), no Maracanã.

Logo nos primeiros minutos ficou claro que o jogo seria quente e cheio de catimba. Antes de qualquer ataque perigoso, Fred levou cartão amarelo aos 4′.

Apesar da advertência ao volante brasileiro logo no início da partida, o árbitro deixou o jogo correr.

Neymar teve o calção rasgado em uma entrada sofrida aos 17′. As faltas e entradas se acumulavam.

Até que a Argentina balançou as redes. Antes do meio de campo, De Paul faz um lançamento primoroso para Di Maria, que ainda aproveita a falha de Lodi para tocar por cobertura de Ederson. Golaço.

Após levar o gol, o Brasil recuou um pouco e viu a Argentina trocar passes com tranquilidade. Aos 28′, Di Maria arrisca de novo de fora da área, mas a bola acerta Marquinhos.

O Brasil respondeu aos 32′: Ederson faz um lançamento primoroso para Neymar, que só parou quando foi derrubado por Paredes, que recebeu cartão amarelo pela falta.

O jogo foi truncado até o fim do primeiro tempo. A Seleção Brasileira claramente enfrentou um problema de criação, e não ameaçou claramente a meta argentina.

Segunda etapa

Tite optou por tirar Fred e colocar Roberto Firmino, o que deixou Neymar mais solto pela esquerda.

Aos 7′, Richarlison recebe a bola pela direita, insiste e marca, mas o gol foi anulado corretamente por impedimento.

O Brasil era outro time no início do segundo tempo. Aos 8′, o mesmo Richarlison teve outra ótima oportunidade, mas chutou e viu o goleiro Emiliano Martínez fazer uma boa defesa.

Aos 19′, a Argentina quase amplia após a defesa brasileira errar de forma boba na saída de bola. Mas Messi foi fominha e e não conseguiu aproveitar a chance.

O jogo ficou truncado novamente e os momentos mais importantes foram as substituições. Gabigol entrou no lugar de Lucas Paquetá, e logo depois os argentinos promoveram três mudanças.

Aos 42′, Messi ainda perdeu chance inacreditável, sozinho. O craque recebeu de De Paul, de frente para Ederson, mas deixou a bola passar e não matou o jogo.

Convidados para final da Copa América fraudam teste de Covid-19


Torcedores convidados tanto do Brasil como da Argentina fraudaram testes de Covid-19 para entrar na final da Copa América, neste sábado (10). O escândalo foi denunciado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), organizadora do torneio.

A competição foi toda disputada sem público. Na quinta-feira (8), a Secretaria da Saúde do município do Rio vetou o público, mas na sexta-feira (9) decreto do prefeito Eduardo Paes (DEM) autorizou 10% do público, desde que devidamente testado.

Segundo a entidade, foi encontrada “uma considerável quantidade de exames fraudados”. A quantidade de casos, contudo, não foi revelada.

A Conmebol, em comunicado, disse que os torcedores flagrados não assistirão ao jogo – que oporão Neymar (BRA) e Messi (ARG), já considerados os melhores da competição – e que “analisará a possibilidade de aumentar os controles (sanitários), se necessário”.