79ª CIPM conduz duas pessoas por crime ambiental na zona rural de Boa Nova em Operação conjunta com Icmbio


Na tarde da última sexta-feira (29), policiais militares da 79ª CIPM em conjunto com a Icmbio conduziram duas pessoas por crime ambiental na zona rural de Boa Nova.

Uma denúncia aà Central de Operações (CENOP) deslocou as guarnições até a região de Santa Luzia, onde estaria havendo cárcere de pássaros silvestres e desmatamento.

Chegando ao local, inúmeros cortes de madeira ilegal foram encontrados, uma motosserra e também cinco pássaros silvestres.

Os proprietários foram localizados. Eles foram advertidos e encaminhados às autoridades competentes, juntamente com o material apreendido, para a adoção das medidas cabíveis.

Iguaí e mais 9 cidades tem transporte intermunicipal suspenso devido ao covid-19


Mais dez cidades entram na lista de transporte intermunicipal suspenso. Em decreto desta sexta-feira (29), foram inclusas Acajutiba, no agreste; Aratuípe e Piraí do Norte, no Baixo Sul; Cícero Dantas, no nordeste baiano; Iguaí e Maiquinique, no médio sudoeste; João Dourado, no centro norte; Mairi, no Portal do Sertão; Nazaré, no Recôncavo e Pilão Arcado, no Sertão do São Francisco.

A medida vale a partir deste sábado (30) e faz parte das ações contra o avanço do novo coronavírus no estado. Os motoristas têm até a 1h para sair e até as 9h para chegar nas cidades. Ficam afetados pela mudança qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. O número de cidades baianas com suspensão de transporte é de 246.

RETORNO

No mesmo decreto, o governador Rui Costa autorizou o retorno do transporte intermunicipal nas cidades de Araçás, no agreste; Itapitanga, no sul; Itarantim, no médio sudoeste e Santa Maria da Vitória, na Bacia do Rio Corrente, oeste baiano. A justificativa para liberação nessas cidades é a não confirmação de casos de covid-19 nos últimos 14 dias. O período é considera suficiente para a cura da doença.

Iguaí registra 1º caso confirmado do novo coronavírus


A Prefeitura Municipal de Iguaí informou, na tarde desta quarta-feira (27/05), por meio do boletim epidemiológico, o 1º caso confirmado de coronavírus no município.
A informação é que o teste rápido foi o método utilizado para confirmar o caso positivo.

Vitória da Conquista registra 3 mil casos suspeitos de dengue


A cidade de Vitória da Conquista, registrou 3.342 casos suspeitos de dengue nos primeiros cinco meses do ano, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura do município, no dia 22 de maio. De acordo com o boletim, até o momento, foram confirmados 319 casos de dengue em Conquista. Duas pessoas morreram por dengue hemorrágica. Ainda segundo a prefeitura, foram registrados 481 casos suspeitos de zika e 301 notificações de chikungunya. Três casos de cada doença foram confirmados. A prefeitura tem adotado medidas para diminuir o número de casos de dengue no município. “A gente já vem executando medidas e projetos pilotos no município, e já ficou mais que comprovado que a atuação da comunidade, através de um ato para sensibilizar e conscientizar, é muito importante nesse momento, atrelado a todo o trabalho que a Vigilância vem realizando através dos agentes de combate a endemias no momento das visitas domiciliares”, disse a diretora de Vigilância em Saúde, Ana Maria Ferraz.

V.Conquista: Fiscais continuam nas ruas para garantir comércio fechado


A equipe de agentes da Gerência de Posturas da Secretaria Municipal de Serviços Públicos não para. Desde o início das medidas para a contenção do novo coronavírus em Vitória da Conquista que os fiscais estão nas ruas da cidade, garantindo o cumprimento dos decretos que estabeleceram as normal de isolamento social.

“Desde o decreto do dia 18 de março até o mais recente, publicado no último dia 17, nossa equipe passou a atuar em escala diferenciada e com maior rigor”, afirma o secretário da pasta, Luís Paulo Sousa. Segundo ele, a dedicação e o empenho de cada fiscal tem sido fundamental neste momento. “Se não houvesse a fiscalização, com certeza o estágio da doença em nossa cidade estaria em um patamar muito pior”, diz.

Diariamente, a Gerência de Posturas realiza rondas e atende a denúncias da população. Desde o início das operações, o setor já teve de interditar mais de 80 estabelecimentos, que foram autuados por descumprimento dos decretos. Os fiscais também tem ido a distritos e povoados da zona rural, onde encontram serviços e comércios não essenciais em funcionamento.

Queimar lixo: Um ato criminal e de desrespeito com o próximo na cidade de Brumado


Quase que diariamente, não é dificil ver um lixão ou um monte de entulho sendo queimado em algum bairro de Brumado, principalmente no final da tarde, quando várias nuvens de fumaça, e focos de incêndio, provenientes da queima de lixo, de galhos de árvores, de restos de móveis, entre outros materiais são vistos de longe. “Será que essas pessoas que adoram atear fogo aleatoriamente têm noção do perigo que correm, ou da consequência desse ato irresponsável no entorno?”, questiona a moradora Jose que mora próximo ao Instituto Federal da Bahia (IFBA), localizado no bairro São José. “No meu bairro isso é frequente, vira e mexe sinto o cheiro de queimada, e vejo aquelas fagulhas invadir minha casa, sujar tudo, e aquela fumaça irritar meus olhos e gargantas”, relata a moradora. Mas, esta é atitude é criminosa, e há punição quando denunciada. A queima que todos fazem de maneira corriqueira é considerada um dos grandes problemas ambientais e de saúde pública urbana, por isso é ilegal e sua punição é prevista na Leis de Crimes Ambientais, e nas Leis Municipais que combatem essa prática. Conforme a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9605/1998), a queima doméstica de resíduo domiciliar, de natureza vegetal ou qualquer outro tipo de resíduo em quintais, é crime. A queimada é uma prática primitiva da agricultura, destinada para o cultivo de plantações ou formação de pastos, e não para deve ser feita nos centros urbanos.

Segundo esta mesma Lei, queimar lixo (restos de comida, plásticos, borrachas, podas de árvores, folhas secas, etc) a céu aberto, dá multa que varia de R$ 500,00 a R$ 50 milhões, e a pessoa que fez o responsável poderá ser encaminhado até a delegacia de Polícia Civil, onde será aberto um procedimento criminal necessário. “Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, e causar poluição atmosférica que provoque a retirada, ainda que momentânea, dos habitantes das áreas afetadas, ou que cause danos diretos a saúde da população: pena de reclusão, de um a cinco anos” – Art. 54- Lei nº 9605/1998.” O ato traz inúmeras consequências sérias, como a possibilidade de gerar um incêndio no local. Outro fator, são os produtos químicos existentes no lixo, quando há queima do material, principalmente plásticos e borrachas, além de sujar, encher de fumaça, e poluir o ar, a fumaça lança no ar dezenas de substancias tóxicas juntamente com a fuligem. Essa fumaça que tanto nos irrita, ela está cheia de substancias cancerígenas provenientes da queima de dos plásticos, chamadas de dioxinas, além de outras causadoras do efeito estufa, e de doenças respiratórias. Os problemas respiratórios como: asma, bronquite, renite alérgica e outras doenças, que assolam principalmente crianças e adultos em períodos de baixa umidade atmosférica, se agravam ainda mais com a fumaça geradas nestas queimadas. (79news)

Em Conquista 17 profissionais de saúde foram infectados pelo o novo Coronavírus


No sábado (16), a Secretaria de Saúde (Sesau) de Vitória da Conquista divulgou o perfil detalhado dos casos de Coronavírus no município. Dos 63 casos constantes no último boletim epidemiológico, 17 são de profissionais de saúde. Dos teste rápidos aplicados em profissionais de saúde do Hospital de Base, 16 deram positivo. Contudo, esses testes ainda aguardam contraprova pelo Lacen. Assim, muito provavelmente eles ainda não foram inclusos nesses dados. De todos os casos confirmados, 30 são do sexo feminino e 33 do sexo masculino.

Vitória da Conquista registra 74 casos confirmados de Coronavírus


Neste sábado (16), foram confirmados 11 novos casos de Coronavírus em Vitória da Conquista. Com isso, sobe para 74 o número de pessoas infectadas pelo vírus, até o momento. 40 desses pacientes evoluíram para cura e 30 estão em recuperação (cinco estão hospitalizados e 25 em isolamento domiciliar). Além disso, foram registrados quatro óbitos por Covid-19 de pacientes do município.

De acordo com Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde, o município notificou 963 casos com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo Coronavírus. Destes, 730 foram descartados e 159 estão sob investigação (50 aguardam resultado laboratorial e 109 aguardam coleta de amostra para exame laboratorial).

Quanto ao estado clínico dos pacientes que estão sendo investigados: um foi a óbito no dia 10 de maio e seu resultado ainda não foi divulgado pelo Lacen/Salvador, 14 encontram-se internados em unidade hospitalar com quadro de Síndrome Gripal ou Síndrome Gripal Aguda Grave, e 144 estão em isolamento domiciliar.

Os pacientes que testaram positivo para Coronavírus são residentes de 26 bairros do município: Bela Vista, Kadija, Jurema, Cruzeiro, Jardim Valéria, Pedrinhas, Morada dos Pássaros, Cidade Maravilhosa, Sumaré, Guarani, Santa Cruz, São Vicente, Centro, Campinhos, Brasil, Patagônia, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Boa Vista, Vila América, Candeias, Primavera, Lagoa das Flores, Vila Serrana e Ibirapuera.

Desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus é considerada comunitária em todo o território nacional e, por esse motivo, as definições operacionais passaram a ser definidas na Atualização da Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

Call Center –A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Em crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também a coriza e a obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico.

Fiscais são agredidos, e loja é interditada em Vitória da Conquista


Na manhã desta quinta-feira (14), fiscais da Sesep – Secretaria de Serviços Públicos, em defesa do Decreto Municipal que restringe o funcionamento de salões de beleza e barbearias, foram agredidos pelo vereador David Salomão, com palavras ofensivas e desrespeitosas, aos servidores municipais que estavam trabalhando para cumprir determinação legal.

No interior de uma loja que comercializa óleo e lubrificantes para veículos funciona uma barbearia. A ação dos fiscais visava apenas interditar a barbearia.

O secretário Luis Paulo, titular da Sesep, já acionou a PGM – Procuradoria Geral do Município para mover a devida ação contra o edil pela conduta inadequada.

Interdição

Quando os ficais estavam interditando a barbearia, que funciona no interior de uma loja de óleo, filtros e lubrificantes, o vereador David Salomão expulsou os fiscais do interior do estabelecimento comercial proferindo insultos e agressões contra os fiscais.

Em nenhum instante o proprietário da loja, ou o gerente, ou um outro preposto saiu em defesa dos servidores municipais. Por este motivo a Sesep lacrou, além da barbearia, a loja.

Este ramo, bem como toda a cadeia produtiva de setor de autopeças e serviços têm amparo no Decreto Municipal. Pela conduta omissa da empresa, que permitiu as agressões, o estabelecimento continuará interditado. Caberá a Justiça decidir sobre a questão.