Bolsonaro viaja aos EUA para participar da Assembleia Geral da ONU


O presidente Jair Bolsonaro viaja hoje (23) para Nova York, nos Estados Unidos, onde discursará na 74ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Esta será a primeira participação dele no evento.

A ida do chefe do Executivo nacional chegou a ser uma dúvida, após ele ser submetido a mais uma cirurgia para o tratamento das sequelas da facada sofrida em setembro de 2018, mas, na última sexta (20), a equipe médica o autorizou a viajar.

Tradicionalmente, cabe ao presidente do Brasil fazer o discurso de abertura na Assembleia da ONU. Bolsonaro pretende defender, em seu pronunciamento, as ações do governo na Amazônia, após a repercussão negativa dos incêndios que vêm ocorrendo na região ao longo das últimas semanas. Durante a live semanal realizada na última quinta-feira (19), o presidente ponderou que “não vai brigar com ninguém” na assembleia e fará um discurso objetivo.

Segundo a Presidência da República, o discurso de Bolsonaro também deve abordar medidas tomadas pelo governo na economia e em temas como combate à corrupção e segurança pública.

Nordeste deverá ter chuvas abaixo da média nesta Primavera


Com a chegada da primavera, que começa hoje (23) no hemisfério sul, a região Nordeste deverá ter chuvas ligeiramente abaixo da média para a estação, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

As precipitações devem começar em outubro, um pouco mais tarde do que no ano passado, quando tiveram início em setembro. No Brasil, a estação é caracterizada pela chegada das chuvas.

A previsão para a primavera indica maior probabilidade de chuvas perto da média na parte leste do Nordeste. Já nas demais áreas, haverá o predomínio de chuvas ligeiramente abaixo da média. O trimestre de outubro a dezembro costuma ser o mais seco da parte leste do Nordeste.

Segundo o Inmet, as temperaturas estarão mais elevadas sobre todo o Nordeste, principalmente na região sul do Maranhão e do Piauí. Informações: Agência Brasil.

Presidenta do Sindicato Zilda Maria fala sobre inscrição do garantia safra, marcha das margaridas e tira dúvidas dos trabalhadores rurais; Ouça:


A Rádio Povo recebeu na última quinta-feira a presidenta do sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais de Poções, Zilda Maria dos Santos. Zilda falou sobre a importância de ter representado as mulheres trabalhadoras rurais de Poções na marcha das margaridas em Brasilia, falou sobre o prazo para inscrição do garantia safra, tirou dúvidas dos ouvintes e destacou o trabalho do sindicato em prol do homem e da mulher do campo, entre outros assuntos. Ouça:

Jovem de Itapetinga morre afogada na praia em Ilhéus


        Foto registrada momentos antes de entrar no mar.

Uma jovem de 14 anos apenas identificada por Bianca morreu afogada na manhã desse domingo (22) na Praia da Cururupe, na zona sul de Ilhéus.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Site Fábio Roberto Notícias, a jovem, que é da cidade de Itapetinga, saiu em excursão com familiares e amigos na madrugada de hoje com destino a Ilhéus, quando por volta das 07hs acabou se afogando.

Antes de acontecer a fatalidade, a garota fez fotos e publicou em suas redes sociais.

Apesar dos primeiros socorros feitos por banhistas, a menina ingeriu muita água e acabou não resistindo. O corpo foi removido para o Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus para necropsia e, em seguida será translado até Itapetinga para sepultamento.

Poções: Policiais de 79º CIPM realiza Operação Distrito no município.


Neste Sábado dia 21/09/19, policiais militares da 79ª CIPM realizaram a operação distrito na zona rural de Poções (Lagoa dos Patos, Lagoa das Pedras, Lagoa da Serra, Cascalheiras e Morrinhos.

A Operação Distrito, além de estreitar os laços com a comunidade local e aumentar a sensação de segurança por onde passa colhe informações sobre os delitos que mais incomodam a população. Na oportunidade, a guarnição contemplou uma família com uma cesta básica.

Com radares desligados, acidentes graves crescem em estradas federais


                          Foto: Reprodução/Bahia 10

Enquanto as estradas federais tiveram um “apagão” de radares, os acidentes graves — que registram mortos ou feridos — subiram nos sete primeiros meses do ano pela primeira vez desde 2011, quando o Brasil se comprometeu a adotar metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para tornar o trânsito seguro.

Promessa do presidente Jair Bolsonaro, o desligamento dos equipamentos de de fiscalização de velocidade, sob a justificativa de que há uma “indústria da multa” no país, foi cumprido à risca nas rodovias federais administradas diretamente pelo governo. Dados obtidos pelo jornal O Globo, por meio da Lei de Acesso à Informação, revelam que quase todos os equipamentos fixos em operação em janeiro nas vias foram desativados desde março.

Segundo O Globo, além de suspender, em agosto, o uso de 299 radares portáteis pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o governo não renovou ou substituiu contratos que garantiam o funcionamento de 2.811 equipamentos fixos nas vias. No último dia 2, as BRs sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que representam mais de 90% da malha rodoviária federal, contavam com apenas 439 equipamentos permanentes de fiscalização.

Mais riscos

(mais…)

Homem morre afogado após pedir namorada em casamento embaixo d’água na Tanzânia


Um homem morreu afogado após pedir sua namorada em casamento embaixo d’água, na Tanzânia, segundo informações do site BBC News.

A vítima identificada como Steve Weber estava com sua namorada, Kenesha Antonia em uma cabana sumersa no Manta Resort, perto da Ilha de Pemba.

Em uma rede social, Kenesha divulgou o vídeo do momento do pedido.  “Eu não consigo segurar meu fôlego o suficiente para te dizer tudo o que eu amo em você. Mas… tudo o que eu amo em você eu amo mais a cada dia. ” Por favor, você pode ser minha esposa. Casa comigo???”, dizia o bilhete escrito por Steven.

Na publicação, Kenesha lamenta o fato do namorado nunca ter tido sua resposta. “Você nunca saiu dessas profundezas, por isso nunca ouviu a minha resposta: “Sim! Sim! Um milhão de vezes, sim, eu vou me casar com você!!”Nunca chegou a abraçar e celebrar o início do resto de nossas vidas juntos, como o melhor dia de nossas vidas se transformou no pior, na reviravolta mais cruel do destino imaginável”, afirmou.

Em um comunicado, o resort afirmou a reportagem da BBC que Weber “se afogou tragicamente enquanto mergulhava sozinho fora da cabine subaquática”.

Campanha contra raiva é suspensa na Bahia após atraso de laboratório


A campanha de imunização de cães e gatos contra a raiva foi suspensa temporariamente na Bahia, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A estratégia seria realizada neste mês.

O anúncio foi feito depois que o laboratório fornecedor da vacina antirrábica atrasou a entrega para o Ministério da Saúde e, no repasse, o estado recebeu apenas 16% do que era esperado para o período.

Por meio de nota, o Ministério divulgou que, com esse atraso, a estratégia de imunização deste ano foi alterada para priorizar municípios com maior risco de epidemia da doença e a Bahia não é um deles. A previsão de normalização é em novembro.

De acordo com a Sesab, o Estado esperava a chegada de 2,5 milhões de vacinas neste mês, mas só chegaram 400 mil unidades. No entanto, não há desabastecimento.

Em Salvador, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o último recebimento de vacina aconteceu dia 19 de agosto, mas o estoque disponível garante a continuação das vacinações diárias no município.

(mais…)

Cerca de 7 mil recém-nascidos morrem diariamente no mundo, diz ONU


Relatório divulgado por agências das Nações Unidas estima que quase 7 mil bebês morrem todos os dias antes de completar um mês de vida, e pede a nações que adotem medidas para melhorar a situação.

A Organização Mundial da Saúde ()MS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) anunciaram que as taxas de sobrevivência de recém-nascidos vêm melhorando desde 2000, mas cerca de 2,5 milhões de bebês morreram em 2018.

Segundo o relatório, uma em cada 37 mulheres na África Subsaariana morre durante a gestação ou no parto. O documento lembra que mulheres no parto e seus bebês enfrentam risco maior em países em que há conflitos ou crise humanitária, como Síria e Venezuela, por não terem  acesso a tratamentos essenciais. Agência Brasil.

Vale é condenada a pagar R$ 11 milhões por quatro mortes em Brumadinho


A mineradora Vale foi condenada a indenizar em R$11,875 milhões aos parentes de uma família que morreu na tragédia de Brumadinho (MG). No dia 25 de janeiro, quando a barragem da Mina do Feijão se rompeu, Luiz Taliberti, a sua irmã Camila Taliberti e a esposa dele Fernanda Damian, grávida de cinco meses, estavam na Pousada Nova Estância, que foi soterrada pela lama de rejeitos.

Segundo informou Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) nesta quinta-feira (19), trata-se da primeira sentença em ação individual movida em decorrência da tragédia. O caso foi analisado pelo juiz Rodrigo Heleno Chaves. O magistrado entendeu que a mineradora é responsável pelas mortes e que os expressivos danos psicológicos causados aos parentes deveriam ser abarcados pelo valor da indenização.

“Cediço que dinheiro algum reparará integralmente os autores da dor que sempre sentirão. Mas o Poder Judiciário deve arbitrar valores que entenda consentâneos à sensível situação que se lhe apresenta”, escreveu em setença assinada nesta quarta-feira (18).

A ação foi movida pela mãe de Luiz e de Camila e também dos pais e irmã de Fernanda. Eles pleiteavam R$ 40 milhões em indenização por danos morais devido ao sofrimento relacionado à perda do entes queridos. O cálculo levou em conta um documento interno da Vale . Ele apresenta uma metodologia elaborada pelo engenheiro norte-americano Robert Whitman em 1981, no qual o valor da vida é estipulado em US$ 2,56 milhões. Convertido para a moeda brasileira com base na cotação atual, esse montante equivale a aproximadamente R$ 10 milhões. As quatro vidas, incluindo a do bebê que estava sendo gerado, somariam assim R$ 40 milhões.

 

(mais…)