Motorista de cerimonial do governo da Bahia fica ferido após carro capotar no oeste do estado


Foto: Gazeta 5

O motorista de um carro usado em um evento cerimonial do governador da Bahia, Rui Costa (PT-BA), ficou ferido após o veículo se envolver em um acidente na cidade de Morpará, região norte do estado, na quinta-feira (3).

Segundo informações da Assessoria de Comunicação do Governo, o acidente ocorreu em um trecho de estrada de chão. Não há mais detalhes sobre as circunstâncias do caso, nem se havia mais alguém dentro do veículo, que ficou com a frente destruída.

O motorista, que não teve a identidade divulgada, foi socorrido e levado para um unidade hospitalar da cidade. Ainda segundo a assessoria, os ferimentos não foram graves e o homem segue em observação.

79ª CIPM lança a segunda edição da campanha Faça Uma Criança Sorrir


O mês de outubro chegou com tudo e a 79ªCIPM já iniciou a sua campanha “Faça uma Criança Sorrir”, em homenagem ao dia das crianças. Nosso objetivo é arrecadar roupas e brinquedos para serem distribuídos para crianças em situações vulneráveis da cidade de Poções.

A ação propõe o fortalecimento da parceria entre PM e comunidade, e por isso conta com o apoio de parceiros diversos do município. “Faça uma Criança Sorrir” está dividido em duas fases: a de arrecadação e o momento lúdico, previsto para acontecer na sede da 79ª CIPM.

Para isso, diversas caixas coletoras foram distribuídas em escolas públicas e privadas da cidade para a coleta das doações. A PM também aproveitou o momento para apresentar a importância do projeto, bem como para ministrar palestras sobre a importância de manter as crianças longe das drogas.

Para finalizar a campanha, será realizado um momento lúdico na sede da Unidade, onde as crianças poderão curtir um dia com muita diversão, lazer e interação com a Polícia Militar!

Você também pode ajudar! Dirija-se a uma escola próxima de você e faça a sua doação. Você pode fazer uma criança sorrir!

Fotos:

Fonte: 79ª CIPM/ASCOM
🚔 A FORÇA DO SUDOESTE NA CORRENTE DO BEM🚔.

 

Número de mortes violentas cai 22,6% nos 7 primeiros meses no Brasil


O Brasil registra uma queda de 22,6% nas mortes violentas nos primeiros sete meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2018. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal. Somente em julho, houve 3,1 mil assassinatos, contra 4,1 mil no mesmo mês do ano passado. Já no período que engloba os sete meses, foram 24,4 mil mortes violentas — 7,1 mil a menos que o registrado de janeiro a julho de 2018.

A tendência de queda nos homicídios do país tem sido mostrada pelo G1 desde o balanço de 2018 – a maior queda dos últimos 11 anos da série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com 13%. Já no 1º semestre deste ano, a queda foi de 22%. O número de assassinatos, porém, continua alto: 1 a cada 12 minutos, em média, neste ano.

O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Os dados apontam que: houve 7.109 mortes a menos nos primeiros sete meses de 2019; todos os estados do país apresentaram redução de assassinatos no período; três estados tiveram quedas superiores a 30%: Ceará, Rio Grande do Norte e Acre.

Caixa pede bloqueio das contas da Arena. Corinthians tenta suspensão


A Caixa Econômica Federal pediu o bloqueio online das contas da Arena Itaquera S/A por causa da dívida do financiamento do estádio. O juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Cível Federal de São Paulo, deve se pronunciar nos próximos dias.

O pedido foi feito na semana passada, dia 23, e acontece depois de o Corinthians não indicar judicialmente como fará o pagamento da dívida processual e também não indicar bens à penhora. Se o juiz aprovar, as contas da empresa ficam bloqueadas até atingir o limite da dívida total, de R$ 536 milhões.

O departamento jurídico do Corinthians corre contra o tempo para tentar o efeito suspensivo na cobrança da dívida executada. A intenção do clube é interromper o processo enquanto renegocia com a Caixa o financiamento. A diretoria jurídica do clube e do banco já começaram a conversar sobra a pendência.

(mais…)

Conquista: Policlínica de Saúde do Estado oferece vagas de emprego; confira


Estão abertas, até o próximo dia 8 de outubro, as inscrições para o Processo Seletivo simplificado para contratação temporária de pessoal para a Policlínica de Saúde da região de Vitória da Conquista/Itapetinga. As vagas são para médico angiologista, médico especialista em diagnóstico por imagem – ultrassonografia geral, médico mastologista, médico neurologista, médico especialista em radiologia e diagnóstico por imagem e psicólogo clínico.

O regime de contratação será celetista, com validade de um ano, podendo ser renovado por igual período – exceto para os cargos de médico especialista em radiologia e diagnóstico por imagem e psicólogo clínico. Para estas vagas, a validade será de quatro meses, sem prorrogação, para substituição temporária do titular por afastamento decorrente de licença maternidade.

Os interessados devem entregar ficha de inscrição, currículo padronizado, formulário de relação de títulos e demais documentos no período de 2 a 8 de outubro, das 9h às 12h e das 14h às 17h (exceto finais de semana e feriados), na sede do Consórcio – Av. Juracy Magalhães, nº 3340, Ed. Multiplace Conquista Sul, Sala 303, Boa Vista, Vitória da Conquista. Clique aqui para ter acesso ao edital completo e aos modelos de documentos.

Mais informações podem ser obtidas no endereço:

http://diariooficial.portalgov.net.br/uploads/043229300-1570019777.pdf

Informações: Blog do Rodrigo Ferraz.

Ministério da Agricultura suspende venda de 33 marcas de azeite de oliva fraudado


O Ministério da Agricultura suspendeu a comercialização de 33 marcas de azeites de oliva por terem sido adulteradas. Nesta etapa, foram identificados 59 lotes com irregularidades. A maior parte das fraudes foi feita com a mistura com óleo de soja e óleos de origem desconhecida. Houve redução na comparação com a ação divulgada em abril de 2018, quando a fraude envolveu 46 marcas, informa o ministério, em comunicado.

As marcas que praticaram fraudes foram: Aldeia da Serra, Barcelona, Casa Medeiros, Casalberto, Conde de Torres, Dom Gamiero, Donana (premium), Flor de Espanha, Galo de Barcelos, Imperador, La Valenciana, Lisboa, Malaguenza, Olivaz, Oliveiras do Conde, Olivenza, One, Paschoeto, Porto Real, Porto Valencia, Pramesa, Quinta da Boa Vista, Rioliva, San Domingos, Serra das Oliveiras, Serra de Montejunto, Temperatta, Torezani (premuim), Tradição, Tradição Brasileira, Três Pastores, Vale do Madero e Vale Fértil.

Conforme comunicado, as fiscalizações que detectaram as 33 marcas irregulares são resultantes da Operação Isis, iniciada em 2016. No entanto, essas marcas referem-se a coletas realizadas em 2017 e 2018. A avaliação é lenta pois envolve exames laboratoriais, notificação dos fraudadores, perícias, períodos para apresentação de defesa (podem apresentar dois recursos) e julgamentos desses recursos em duas instâncias administrativas. O nome da operação é uma referência à deusa do antigo Egito que detinha o conhecimento sobre a produção das oliveiras.

O Coordenador de Fiscalização de Produtos Vegetais, Cid Rozo, diz no comunicado que praticamente não existe mais estoque no mercado desses lotes que foram reprovados, pois os remanescentes foram destruídos após o julgamento dos processos administrativos. No entanto, é possível que os consumidores encontrem ainda outros lotes das mesmas marcas. Embora os supermercados tenham sido alertados quanto às marcas que sistematicamente produzem azeite fraudado, muitos comerciantes ainda insistem em vender esse tipo de produto por causa do baixo preço. (mais…)

Polícia apreende mais de R$ 1 milhão em dinheiro escondido em caminhão


                  Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

A Polícia Rodoviária apreendeu mais de R$ 1 milhão em dinheiro escondido em um caminhão na Rodovia Castello Branco, em Porangaba (SP), na noite de segunda-feira (30).

O dinheiro estava em um caminhão com placas de Toledo (PR) que foi parado durante uma fiscalização de rotina, na altura do quilômetro 158. Como o caminhoneiro demonstrou nervosismo, os policiais decidiram revistar o veículo.

Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista do caminhão disse que entregou uma carga de cigarros do Paraguai em Araçariguama (SP).

Outro caminhoneiro pegou o veículo e o devolveu vazio oito horas depois. Os pacotes com o dinheiro para o pagamento dos cigarros foram entregues ao homem abordado e deveriam ser levados até Perobal (PR), de onde saiu a carga de cigarros, conforme contou à polícia.

Dinheiro apreendido com caminhoneiro em Porangaba é da venda de cigarros contrabandeados — Foto: Polícia Rodoviária/DivulgaçãoDinheiro apreendido com caminhoneiro em Porangaba é da venda de cigarros contrabandeados — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

Dinheiro apreendido com caminhoneiro em Porangaba é da venda de cigarros contrabandeados — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

Ainda segundo a Polícia Rodoviária, o dinheiro estava na cabine, embaixo do sofá-cama do caminhão, distribuído em 24 pacotes enrolados em sacos pretos. O caminhoneiro confessou que levava o dinheiro, mas não sabia o valor exato.

O caminhão foi apreendido e o dinheiro foi encaminhado à delegacia da Polícia Federal em Bauru. O caminhoneiro será investigado por lavagem de dinheiro. Ele foi ouvido e liberado.

Fachin vota pela condenação de Geddel e Lúcio Vieira Lima no caso das malas de dinheiro


O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, votou nesta terça-feira (1º) pela condenação do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) e do ex-deputado Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso dos R$ 51 milhões encontrados em malas de dinheiro e caixas em um apartamento em Salvador em 2017.
Fachin votou ainda pela absolvição de dois funcionários dos irmãos Vieira Lima acusados de ajudarem os dois a ocultar o dinheiro no imóvel.
Após o voto de Fachin, o julgamento na Segunda Turma do Supremo foi suspenso e será retomado na próxima terça-feira (8). O primeiro a votar será Celso de Mello, revisor da Lava Jato na Segunda Turma.
Ministro da Secretaria de Governo de maio a novembro de 2016, no governo Michel Temer, Geddel está preso desde setembro de 2017 no presídio da Papuda, em Brasília.
A Segunda Turma ainda poderá decidir se mantém ou não a prisão de Geddel, que requer liberdade ou transferência para Salvador.
A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu a condenação de Geddel a 80 anos de prisão. A PGR quer ainda que Geddel e Lúcio Vieira Lima devolvam R$ 43,6 milhões aos cofres públicos e paguem uma multa por danos morais coletivos no valor de US$ 2,688 milhões. (mais…)

Governo avalia aumentar orçamento do Bolsa Família para acabar com fila de espera


                               FOTO: ANDRÉ SALGADO

Ministério da Economia avalia aumentar o orçamento destinado ao Bolsa Família neste ano. O objetivo é acabar com a fila que voltou a se formar no programa em 2019, o que não ocorria desde de 2017. Para ampliar os recursos para o programa social, no entanto, será preciso conseguir uma folga no Orçamento do governo federal, que tem ainda cerca de R$ 24 bilhões em recursos bloqueados para os ministérios.
O Bolsa Família voltou a registrar filas para cadastro de novos beneficiários neste ano por conta da falta de recursos, como informou o jornal “Folha de S.Paulo”. A fila de espera se forma quando as respostas demoram mais de 45 dias.

Neste ano, o orçamento do Bolsa Família é de R$ 29,4 bilhões, dos quais já foram pagos, até setembro, R$ 22,7 bilhões. No mês passado, o programa beneficiou 13,5 milhões de famílias, que receberam benefícios com valor médio de R$ 189,21.

Em 2020, o governo reservou R$ 30 bilhões para o programa. Nesses valores, porém, não está previsto uma promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro, que é criar um 13º pagamento para o Bolsa Família. Esse pagamento não está previsto hoje, e o governo precisa editar uma medida provisória para que ele passe a valer. (mais…)

ProUni: Prazo para bolsas remanescentes é prorrogado


O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta segunda-feira (30), que os estudantes matriculados em universidades particulares podem concorrer às bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) até o dia 4 de outubro.

Podem pleitear as bolsas remanescentes estudantes que não foram selecionados na primeira e segunda chamadas, além da lista de espera. As inscrições devem ser realizadas no site do programa. As vagas são para o segundo semestre do ano. Nesta etapa, não há chamadas ou nota de corte diária. A ocupação das bolsas é realizada conforme a ordem de inscrição. Ao concluir a inscrição, a bolsa automaticamente é reservada ao candidato.

Para concorrer às bolsas remanescentes do ProUni é preciso ter participado de qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota superior a 450 pontos e sem ter zerado a prova de redação e não ter diploma anterior de curso superior. Professores da rede pública e que não tenham participado do Enem podem se inscrever às bolsas de estudo em cursos de licenciatura.

Quem for selecionado deverá comparecer à instituição de ensino nos dois dias úteis após a inscrição para comprovar as informações prestadas.