Dilma recebeu com surpresa notícia da prisão de Eduardo Cunha, diz coluna


dil

A ex-presidente Dilma Rousseff ficou surpresa com a notícia da prisão do ex-deputado federal e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nesta quarta-feira (19). De acordo com a coluna Expresso, da Época, a petista recebeu a informação através de assessores e, logo depois, passou a acompanhar a repercussão da notícia pela televisão. Cunha é apontado por Dilma como um de seus maiores algozes enquanto esteve na Presidência da República. Foi ele quem autorizou a abertura do processo que culminou no seu afastamento definitivo do cargo. A ex-presidente ainda acusa Cunha de ter chantageado e sabotado seu governo.

Urgente: Eduardo Cunha é preso em Brasília


eduardo-cunha-35

O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso nesta quarta-feira (19), em Brasília, segundo a GloboNews. A previsão da Polícia Federal (PF) é a de que ele chegue a Curitiba no fim desta tarde. A prisãp dele é preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. Na terça (18), juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça, determinou a prisão de Cunha. O G1 tenta contato com a defesa do ex-presidente da Câmara. O peemedebista perdeu o mandato de deputado federal em setembro, após ser cassado pelo plenário da Câmara. Com isso, ele perdeu o foro privilegiado, que é o direito de ser processado e julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Bahia: Ronaldo Carletto deverá se filiar ao PSD para ser candidato ao senado


carleto

O deputado federal Ronaldo Carlteto, está se articulando para sair do PP e se filiar ao PSD. O deputado tem a expectativa de ser candidato ao senado em 2018.
O PSD na Bahia é controlado pelo Senador Otto Alencar, no qual Ronaldo Carlteto tem uma boa relação. Com o aval de Otto, Ronaldo pretende ser o candidato ao senado.
O problema é que o presidente da assembleia, Marcelo Nilo (PSL) , sonha em ser candidato ao senado na chapa do governador Rui Costa (PT), e como em 2018 serão duas vagas, o governador terá que administrar a situação, pois os atuais senadores Walter Pinheiro e Lidice da Mata pretendem se candidatarem a reeleição.

Itabuna segue sem prefeito definido pelo TRE


fernando

Duas semanas após as eleições, a população de Itabuna ainda não sabe quem vai ser o prefeito do município a partir de 2017. O cenário de indefinição tem como protagonistas os candidatos Fernando Gomes (DEM), mais conhecido como Cuma, e Antônio Mangabeira (PDT), o Dr. Mangabeira, e esbarra na espera por uma decisão da justiça eleitoral. Cuma, que já foi prefeito de Itabuna por quatro vezes, conquistou maior número de votos esse ano, mas teve o registro de candidatura negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) porque já foi enquadrado como ficha-suja. Enquanto que Mangabeira foi o segundo mais votado e reivindica a vitória no pleito justamente pelo fato de o rival ter sido “pescado” pela Lei da Ficha Limpa. A novela deve ganhar mais um capítulo nesta semana, quando deve ser julgado o pedido de indeferimento da candidatura de Cuma pelo Tribunal Regional Eleitoral. Caberá, ainda, recurso da decisão no TSE. A depender da decisão pode até haver novas eleições. O caso tem, ainda, como pano de fundo a disputa por espaço entre as duas maiores lideranças políticas da Bahia, o governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM), que podem se enfrentar na batalha pelo governo do estado em 2018. Itabuna é o quinto colégio eleitoral do estado e pode ficar sob a batuta de Gomes, aliado de Neto, ou de Mangabeira, cujo partido, PDT, integra a base de Rui. Fonte: A Tarde

De volta à oposição após 13 anos, PT ainda tenta achar discurso oposicionista


dilma

De volta à oposição no Congresso após 13 anos à frente do Palácio do Planalto, o PT ainda não afinou o discurso. Após a cassação de Dilma Rousseff, o partido tenta encontrar a melhor maneira de se contrapor ao governo Michel Temer, que tem tido uma alta taxa de fidelidade da base aliada nas votações. Na Câmara, o partido se viu obrigado a abrir espaço na liderança da minoria para deputados que antes eram vistos como coadjuvantes. Também se reaproximou de aliados históricos, como PCdoB e PDT, e petistas adotaram discursos mais alinhados com a esquerda. “Estamos numa condição muito minoritária, é difícil a gente ter uma vitória sobre o governo neste momento”, disse o deputado Carlos Zarattini (PT-SP). Nos últimos meses, a nova oposição foi “tratorada” no plenário pela base governista. Conseguiu impor seis horas de obstrução na votação do projeto de lei que retira da Petrobras a obrigação de ter de investir nos campos do pré-sal, mas teve pouca força de reação para impedir a aprovação, em primeiro turno, da PEC do Teto – a primeira grande medida do ajuste fiscal de Temer no Congresso. Desgastado, o PT tinha a prerrogativa de reivindicar a liderança da minoria, mas aceitou dividir a tarefa num esquema de rodízio com PCdoB e PDT. Petistas do Senado admitem que não estavam preparados para se tornar oposição e que, apesar de o impeachment ter durado quase nove meses, não houve qualquer planejamento. “Estamos trocando o motor com o carro em funcionamento”, afirmou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). “A gente teve que fazer essa reorganização com o bonde andando”, disse o líder do PT na Casa, Humberto Costa (PE).

Professores fazem protesto em frente à casa de Doria


PROTESTO-CONTRA-PRIVATIZAÇÃO-EDUCAÇÃO-JOÃO-DORIA
     

 

Um grupo de cerca de 50 pessoas realizou um protesto na manhã deste sábado (15) na frente da casa do prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), na Rua Itália, no Jardim Europa, zona sul.

Composto por professores e representantes de sindicatos, o ato reivindicava a convocação de aprovados no último concurso, em novembro de 2015.

Os manifestantes afirmaram que foram recebidos por um assessor que se comprometeu a analisar as reivindicações. Não houve incidentes, informou a Polícia Militar (PM). Com cartazes e balões, os integrantes da passeata saíram da Estação Fradique Coutinho, em Pinheiros, e seguiram até a residência do tucano.

Não é o primeiro protesto no local. Três dias após a eleição, no dia 5, para ali foram dezenas de ciclistas preocupados com o que a gestão vai fazer com a política de ciclovias ampliada pelo atual prefeito Fernando Haddad (PT). Essa nova dinâmica, porém, já preocupa os vizinhos do prefeito eleito.

Conquista: Ao som de ‘ACM voltou’, ACM Neto é recebido com festa na cidade


acm-n

Depois de praticamente 2 anos sem aparecer em Vitória da Conquista, o prefeito reeleito de Salvador, ACM Neto, desembarcou na capital do Sudoeste baiano na manhã de hoje (sábado) para participar da campanha do candidato a prefeito da capital do Sudoeste baiano pelo PMDB, Herzem Gusmão. Por volta das 10h40, ACM Neto chegou a cidade e foi ovacionado por apoiadores da campanha de Herzem. Aos gritos de ‘ACM voltou’, Neto foi chamado, também, de futuro governador.  Um arsenal de seguranças particulares teve que ser acionado para conter os ânimos dos fãs do gestor.

acm

Ainda na manhã deste sábado, Herzem esteve ao lado da candidata a vice, Irma Lemos, além do prefeito de Salvador, ACM Neto, o ministro Geddel Vieira Lima, o ex-governador Paulo Souto e diversos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região Sudoeste da Bahia.

Conquista: Zé Raimundo faz caminhada pelas ruas da cidade


ze-caminhada-1-1

O candidato a prefeito de Vitória da Conquista pelo PT, José Raimundo Fontes, realizou uma caminhada pelas ruas da cidade na manhã de hoje (sábado). Zé Raimundo esteve acompanhado da candidata a vice, Sidélia Porto, do prefeito Guilherme Menezes, do deputado federal Waldenor Pereira, de dois candidatos a prefeito no 1º turno, Joás Meira (PSB), atual vice-prefeito, além do deputado estadual Jean Fabrício Falcão (PC do B).

ze-caminhada-3

Prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região também participaram. Correligionários e apoiadores saíram da Praça Gualajara (Praça da Normal) e percorreram diversas ruas do centro de Conquista e também da Zona Oeste. Fonte: Blog do Rodrigo Ferraz.

Eduardo do Sindicato agradece a Poções pelos 799 votos e reafirma compromisso com a população


eduardo

Eduardo dos Santo Barbosa  foi o convidado do Jornal primeira página da Rádio Povo, ele é um dos cinco novos vereadores eleitos para o quadriênio 2017/2020. Eduardo do Sindicato, (como é conhecido) tem 30 anos – é técnico em Agronomia e Agrimensura – foi eleito pelo PSB com uma votação de 799 votos o que representa 3,96% dos votos válidos. Essa foi a primeira vez que Eduardo se candidatou a um cargo político eletivo. Vereador mais jovem da câmara, ele falou sobre sua participação no sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais de poções, visando atender a toda comunidade. Perguntado sobre a participação de sua mãe, Zilda Maria dos Santos, presidente do sindicato, Eduardo enalteceu-a expressando a grande importância que ela teve em sua eleição. Ele recebeu vários telefonemas de ouvintes, eleitores  e simpatizantes que desejaram boa sorte e um bom mandato.

Um jovem vereador tá chegando com muita disposição pra defender os interesses da comunidade de Poções na câmara.

Juiz de Brasília aceita denúncia contra Lula e o torna réu pela terceira vez


lula

A Justiça Federal de Brasília abriu ação penal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o sobrinho dele, Taiguara dos Santos, o empresário Marcelo Odebrecht e outras oito pessoas, por acusação de fraudar contratos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Eles responderão pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção e tráfico de influência. Com a aceitação da denúncia pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, Lula se torna réu pela terceira vez. Ele responde ainda a um processo em Brasília por tentativa de atrapalhar o acordo de delação premiada de Nestor Cerveró, e outra no Paraná, por supostamente ter recebido vantagens indevidas da OAS, como reforma em um tríplex no Guarujá e armazenamento de pertences. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Lula atuou junto ao BNDES para favorecer a Odebrecht em empréstimos para obras da empreiteira em Angola. Ainda segundo as investigações, a empresa pagou aos envolvidos na operação criminosa R$ 30 milhões.