Diretora de UPA flagrada fazendo unhas no trabalho é exonerada


Vídeo que circula em redes sociais mostra a diretora de uma Unidade de Pronto-Atendimento da Baixada Fluminense fazendo as unhas com uma manicure em pleno horário de expediente. O flagrante, feito por pacientes, foi na UPA de Comendador Soares, em Nova Iguaçu. A diretora Ana Paula Latini, que não é médica, foi exonerada.

Quem frequenta a UPA reclama de falta de atendimento. O marido de uma paciente conta que procurou o ortopedista, mas, ao chegar, disseram que o especialista tinha ido almoçar e que só retornaria duas horas depois.

Nesta terça-feira (25), pela manhã, havia quatro médicos na UPA. Uma mãe que acompanhava a filha com problemas de vesícula e um pai com o filho de 8 anos passando mal passaram pela triagem e meia hora depois aguardavam atendimento.

Através de nota, a assessoria da Prefeitura de Nova Iguaçu disse que a diretora foi exonerada na segunda-feira (24) e que lamenta o ocorrido. Sobre a falta de atendimento, a assessoria disse que quatro médicos pediram demissão recentemente, mas que já está providenciando a reposição. *Globo.com.

Horário de verão começa em novembro para não atrapalhar eleições


Diferente dos anos anteriores, o horário de verão não vai começar em outubro em 2018. Para quem não se lembra, ainda no ano passado, o presidente Michel Temer anunciou que, neste ano, o início do período se dará somente no primeiro fim de semana de novembro.

A mudança foi feita a pedido do Tribunal Superior Eelitoral (TSE), porque o segundo turno das eleições está marcado para o dia 28 de outubro (domingo) e a apuração dos votos poderia ser prejudicada devido à diferença de horário entre os estados que têm horário de verão e os que não têm.

Legislação alterada

Com a mudança, o texto do Decreto n° 6.558/2008, que regulamenta o horário de verão em todo o país, teve que ser mexido. Agora, está escrito que: “Fica instituída a hora de verão a partir de zero hora do primeiro domingo do mês de novembro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano subsequente, em parte do território nacional adiantada em sessenta minutos em relação a hora legal”.

Mulheres sem candidato a presidente são o dobro de homens


A duas semanas do primeiro turno, o número de mulheres sem candidato a presidente é elevado: na pesquisa Datafolha da última quinta-feira, ao responder de forma espontânea à pergunta “em quem você vai votar?”, 51% delas afirmaram ainda não saber (38%) ou pretender votar nulo ou branco (13%), o que corresponde a 39,4 milhões de eleitoras. Na ponta do lápis, para cada homem sem candidato, há duas mulheres na mesma situação. A pedido do GLOBO, o Datafolha mapeou seu perfil socioeconômico. O resultado revela que 45,3% moram no Sudeste e 54% ganham até dois salários mínimos por mês.
Este grupo, que totaliza 27% de todo o eleitorado, pode definir quais candidatos irão para o segundo turno, o que vai exigir dos postulantes à Presidência esforço redobrado para conquistar sua confiança na reta final. Na avaliação de cientistas políticos, os dados detalhados da pesquisa refletem a frustração com os políticos e o pragmatismo do eleitorado feminino de baixa renda, que ainda não conseguiu identificar entre os candidatos uma resposta a seus anseios.

Eleitores poderão acompanhar apuração de votos em tempo real por aplicativo


Um dos grandes sucessos de download nas eleições de 2014, o aplicativo da Justiça Eleitoral ganhou nova versão para este ano e estará disponível para o pública ainda neste mês. A ferramenta é gratuita e permite que os eleitores acompanhem a contagem dos votos em tempo real.
Rebatizado de “Resultados 2018”, o aplicativo foi lançado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) há quatro anos, quando teve 2,7 milhões de dispositivos. Por ele, é possível pesquisar tanto o desempenho dos candidato, por meio de consulta nominal, e até um dado mais nacional.

Agenda: Rui e Zé Ronaldo fazem caminhadas pelo interior


O candidato à reeleição Rui Costa (PT) segue com a realização de caminhadas pelo interior do estado. Às 9h, faz campanha em Santo Estevão. Em seguida, às 11h, anda pelas ruas de Amélia Rodrigues.

À tarde, segue para São Sebastião do Passé, onde faz caminhada às 14h. Rui encerra a programação do dia com campanha pelas ruas de Simões Filho.  O postulante do DEM, José Ronaldo, também tem compromissos no interior baiano. Às 9h, faz campanha em Adustina, e às 11h segue para a cidade de Pedro Alexandre. Às 18h, o candidato participa de um evento em Paripiranga.

Já o emedebista João Santana grava programa eleitoral pela manhã e se reúne com a equipe de campanha à tarde. Às 20h, participa de um evento com o presidenciável da sigla, Henrique Meirelles, em Salvador. O candidato do PRTB, João Henrique, concede entrevista para um site e uma rádio do interior do estado pela manhã. À tarde, grava programa eleitoral.

Os postulantes Marcos Mendes, do PSOL, e Célia Sacramento, da Rede, não enviaram suas agendas. Por Juliana Rodrigues.

Plenário do CNJ proíbe nomeação de mais desembargadores na Bahia


O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ratificou liminar proibindo o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) de realizar qualquer medida de efetivação da Lei Estadual n. 13.964/2018, que criou nove cargos de Desembargador e respectivos cargos comissionados de assessores até que haja uma resolução definitiva sobre o mérito da legalidade da Lei. De acordo com o relator, conselheiro Valtércio de Oliveira, a primeira instância não foi priorizada na edição da Lei. Segundo o conselheiro, o tribunal da Bahia precisa de mais juízes de comarcas do que desembargadores.

O pedido de liminar foi solicitado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional do Estado da Bahia, por meio do Pedido de Providências 0004302-72.2018.2.00.0000, com o objetivo de suspender eventuais nomeações para os novos cargos de desembargador. Em seu relatório, o conselheiro Valtércio destacou que a instância de base (1º Grau) padece com a escassez de juízes e de servidores e que o TJBA vem promovendo a desinstalação de comarcas no âmbito do Estado, medida esta que “pode reduzir o amplo acesso da população às instâncias judiciais”. O conselheiro relator também apresentou dados do Relatório Justiça em Números 2018 que apontam que apenas 64% dos cargos de magistrados se encontram providos no Estado. “Os números são mais inquietantes ainda em relação aos servidores: há 25.639 cargos vagos”, descreveu.  (mais…)

Ibope: Wagner lidera corrida ao Senado, Lázaro segue em segundo, mas Coronel cola


Foto : Fernando Frazão / Agência Brasil | Divulgação

Pesquisa Ibope divulgada pela TV Bahia aponta que o ex-governador Jaques Wagner (PT) continua na liderança na corrida para o Senado no estado.

O petista soma 41% dos votos na consulta estimulada, seguido por Irmão Lázaro (PSC), que aparece com 22%, mas agora com Angelo Coronel (PSD) na cola, com 15%. Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) passou para quarto, com 11%.

Jorge Vianna (MDB) e Fábio Nogueira (PSOL) têm 4%. Marcos Maurício (DC) e Comandante Rangel (PSL) empatam com 3%. Francisco José (Rede) e Adroaldo dos Santos (PCO) têm 1% cada. Já Celsinho Cotrim (PRTB) não pontuou. Brancos e nulos somam 21% para a primeira e 32% para a segunda vaga, enquanto os indecisos chegam a 41%.

O instituto ouviu 1.008 entrevistados entre os dias 15 e 17 de setembro. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.

A consulta está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o código BA-01723/2018. Por Evilásio Júnior.

Candidatos a presidente serão monitorados por GPS 24 horas por dia


Os 13 candidatos a presidente passarão ser monitorados 24 horas por dia, via GPS. É o que informou o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, na manhã desta 3ª feira (18.set.2018), no STF (Supremo Tribunal Federal).

O ministro falou com os jornalistas ao sair de reunião com a presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministra Rosa Weber, e com o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro. A conversa foi realizada no gabinete de Weber.

Desde que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi alvo de uma facada, o número de policiais federais que acompanha todos os postulantes ao Planalto passou de 21 para 25.

Jungmann disse ainda que será inaugurado em Brasília (ainda sem data confirmada) 1 Centro de Controle e Coordenação de Inteligência. O espaço concentrará informações em tempo real das eleições em todo o país. Ajudará a identificar possíveis conflitos e a necessidade da presença da Polícia Federal.

O Centro começará a funcionar 7 dias antes do 1º turno e manterá as atividades até alguns dias após o 2º turno. (mais…)

TSE divulga arrecadação dos candidatos à Presidência da República


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou hoje (15) nova parcial da prestação de contas dos candidatos à Presidência da República.

Entre os candidatos, o com maior arrecadação, até o momento, foi Geraldo Alckmin (PSDB). O tucano levantou R$ 46,4 milhões. Do montante, R$ 46,26 milhões (97,8%) foram oriundos do Fundo Eleitoral. O financiamento coletivo do candidato representou 0,08% das verbas arrecadadas.

A segunda maior arrecadação foi a do candidato Henrique Meirelles (MDB), que declarou R$ 45 milhões em receitas até o momento. Todo o recurso veio de fontes próprias, ou seja, do próprio candidato.

A terceira maior declaração foi a do PT, cuja candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva foi substituída por Fernando Haddad. Foram movimentados R$ 20,6 milhões em receitas. A quase totalidade, R$ 20 milhões (97,1%), veio do Fundo Eleitoral. Por meio de financiamento coletivo foram arrecadados R$ 598 mil.

Ciro Gomes (PDT) vem na quarta posição, com R$ 16,1 milhões recebidos, todo do Fundo Eleitoral.

Marina Silva arrecadou R$ 7,2 milhões. Da soma de verbas, R$ 6,1 milhões vieram de doações do Fundo Eleitoral; R$ 260 mil foram de financiamento coletivo e o restante de 21 doadores.

Bahia lidera ranking de estados com mais títulos de eleitores cancelados


No Brasil, Pelo menos 3,6 milhões de brasileiros formam o grupo de pessoas que não poderão votar nas eleições deste ano porque não fizeram o recadastramento biométrico. Na lista, a Bahia aparece na liderança com um total de 710.636 mil cancelamentos. O levantamento geral foi feito pelo G1 com base em dados de 862 cidades espalhadas em 17 estados do Brasil. De acordo com a publicação, outras unidades federativas em situação semelhante a da Bahia são o Paraná, com 700.688 mil títulos cancelados e São Paulo, com 375.169 mil. O prazo definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para os eleitores realizarem a biometria expirou no dia 9 de maio deste ano. Com a eleição em outubro, o cadastro eleitoral será reaberto apenas no dia 5 de novembro.