Fabrício lança pré-candidatura a prefeito de Vitória da Conquista e quer apoio do PT


DSC_0930

O deputado estadual Jean Fabrício Falcão lançou oficialmente a sua pré-candidatura a prefeito de Vitória da Conquista na manhã de hoje (sábado) em um clube da cidade.

O evento contou com a presença de lideranças estaduais da sigla, a exemplo dos deputados federais Daniel Almeira e Davidson Magalhães, além de vereadores da região e prefeitos, lideranças comunitárias e militância.

Representantes de partidos como PSB, PPS, PV, PP, PSD, PRB, PRTB participaram do ato.

DSC_0926

Em coro, a militância conclamou a pré-candidatura de Fabrício como uma alternativa contra o projeto do Partido dos Trabalhadores que governa a cidade há 20 anos.

“Nossa cidade precisa de uma pessoa muito diferente do prefeito que está aí, que dialogue, que ouça a população e atenda as demandas”, disse o vereador conquistense Andreson Ribeiro, presidente do PC do B de Vitória da Conquista, em tom de críticas ao prefeito Guilherme Menezes.

Fabrício está em busca de partidos aliados com o objetivo de dar musculatura a sua pré-candidatura e tem mantido conversas, segundo ele, com PTB, PV, PSB, Grupo Independente, dentre outras siglas. Fonte: Blog do Rodrigo Ferraz.

 

Temer não participará nesta terça-feira de coletiva sobre novas medidas


TEMER

O presidente em exercício Michel Temer não participará da entrevista coletiva que será concedida nesta terça-feira (24), pela manhã no Palácio do Planalto. A entrevista, que terá a participação dos ministros Henrique Meirelles (Fazenda), Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) e Eliseu Padilha (Casa Civil), chegou a constar na agenda de Temer na última sexta-feira (20). A previsão inicial era de que Temer participasse e ela acontecesse no fim da tarde de hoje. Depois, a entrevista passou para esta terça-feira (24), e somente agora foi informado que Temer não participará. Meirelles deve apresentar as medidas do governo para tentar conter o déficit das contas públicas. A expectativa era de que a fala de Temer fizesse um balanço da herança recebida do governo Dilma Rousseff. Hoje, durante a entrega do projeto que altera a meta fiscal no Congresso, assessores disseram que Temer faria uma breve fala e chegaram a organizar os jornalistas para aguardar Temer que, no entanto, saiu tentando evitar o contato com a imprensa. Nesta terça-feira, antes da coletiva dos ministros, Temer vai conduzir, às 10 horas, uma reunião com líderes da base no Congresso Nacional.

 

 

Iguaí recebe fábrica calçadista Renata Mello, maquinário chega à cidade


Na ultima Quarta-feira (18), a cidade de Iguaí, distante 54,1 km de Poções, foi contemplada através de esforços da administração municipal, com uma nova fábrica, desta vez, do seguimento calçadista. A população do município, recebeu com grande euforia o maquinário da fábrica calçadista Renata Mello.

FABRICA

A fábrica chega em Iguaí, para somar no desenvolvimento municipal, e gerar emprego e renda para a comunidade, sobre tudo os que irão prestar serviço à empresa que irá se instalar nos próximos dias.

 

FABRICCC

De acordo informações passadas por telefone à nossa reportagem, a fábrica irá gerar cerca de 300 empregos diretos, um exemplo de dedicação por parte da administração local aos seus munícipes.

 

Supostas fraudes no Bolsa Família causam indignação em Dário Meira


bolsa-família31

Dados coletados no Portal da Transparência e divulgados nas redes sociais indicam um suposto esquema de fraudes no cadastro do Bolsa Família no município de Dário Meira. De acordo com as divulgações, pessoas com um padrão de vida fora do requisitado pelo programa social estariam sendo beneficiados. Entre os acusados do recebimento estão;  uma comerciária, uma jovem que supostamente seria a filha de um ex-gestor do município, a esposa de um líder religioso e parentes do responsável pelos cadastros. Alguns dos beneficiados recebem até R$ 1 mil mensais, segundo as publicações.  Estão sendo colhidos  mais detalhes sobre o escândalo que se tornou o assunto mais comentado essa semana na cidade de Dário Meira. Vale lembrar que o crime de estelionato, previsto no art. 171 do Código Penal, tem pena de um a cinco anos de reclusão, aumentada em um terço quando cometido contra entidade de direito público, como a União. (fonte:Giro em Ipiaú)

 

Dilma é afastada por até 180 dias, e Processo de impeachment é aberto


Senadores aprovaram instauração de processo por 55 votos a 22.
Presidente fica afastada por até 180 dias enquanto é julgada no Senado.

impic

O plenário do Senado Federal aprovou às 6h34 desta quinta-feira (12) a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff por 55 votos a favor e 22 contra. Com a decisão, ela fica afastada do mandato por até 180 dias. Com o afastamento de Dilma, o vice Michel Temerassume a Presidência da República.

A sessão começou às 10h desta quarta-feira (11) e durou mais de 20 horas. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não votou – ele só votaria em caso de empate. Dois senadores, de licença médica, se ausentaram: Jader Barbalho (PMDB-PA) e Eduardo Braga (PMDB-AM).

impich

Dilma Rousseff deverá ser oficialmente notificada nesta quinta (12) da decisão do afastamento.

Segundo Renan informou após o resultado da votação, a presidente vai manter, no período em que estiver afastada, o direito à residência oficial do Palácio da Alvorada, segurança pessoal, assistência saúde, remuneração, transporte áreo e terrestre e equipe a serviço do gabinete pessoal da Presidência.

Agora, o Senado passará a colher provas, realizar perícias, ouvir testemunhas de acusação e defesa para instruir o processo e embasar a decisão final. O julgamento será presidido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que também comandará a Comissão Processante do Senado.

 

Senado decide hoje se afasta a presidente Dilma


dilmaxxxx

O plenário do Senado vota nesta quarta-feira (11) se aceita ou não iniciar o julgamento da denúncia que pede o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). São necessários os votos da maioria simples da Casa, isto é, de 41 dos 81 senadores, para o processo avançar. A sessão começa a partir das 9h. Caso o Senado acolha o pedido, a presidente é notificada e pode ficar afastada por até 180 dias –se o julgamento não acabar nesse prazo, ela volta ao cargo. O vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) assume a Presidência interinamente, com poderes plenos. Se os senadores decidirem não levar adiante a cassação do mandato de Dilma, a denúncia é arquivada e fica extinto o processo contra Dilma. Os senadores votam o relatório da comissão especial do Senado que recomendou o impeachment de Dilma por 15 votos a favor e 5 contra, na última sexta-feira (6), após ter analisado a documentação encaminhada pela Câmara dos Deputados e ouvido especialistas tanto da acusação quanto da defesa.

Maranhão recua e revoga decisão de anular sessão do impeachment


impech

Presidente interino da Câmara decidiu de manhã e voltou atrás à noite.
Senado decidirá na quarta (11) se afasta presidente Dilma por até 180 dias

 

O presidente em exercício da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), decidiu na madrugada desta terça-feira (11) revogar a decisão que proferiu pela manhã para tentar anular a sessão da Câmara que aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
A Secretaria Geral da Mesa da Câmara recebeu a decisão da revogação por volta de 00h20. Maranhão assinou dois ofícios (veja ao final desta reportagem) – um com a revogação da decisão e outro destinado ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), informando sobre a nova deliberação, que deverá ser publicada nesta terça (11). O processo de impeachment tramita desde a semana passada no Senado e será votado no plenário nesta quarta-feira (10).

decisaowaldirmanha

Ao justificar a decisão de tentar anular a sessão da Câmara – e antes de voltar atrás –, Maranhão disse que o objetivo era “salvar a democracia”.
Antes de anunciar a decisão pela manhã, o presidente interino se reuniu duas vezes com o ministro José Eduardo Cardozo, da Advocacia-Geral da União (AGU) – autora do pedido para anular a sessão –, e consultou o governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), contrário ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Após anulação de votação do impeachment, Dilma pede cautela: ‘não é oficial’


dilma

O atual presidente da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), anulou na manhã desta segunda-feira (9) o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Logo após a divulgação da notícia, a chefe do Executivo tratou do assunto de forma cautelosa. “Eu soube agora o que apareceu nos celulares de todo mundo, que o recurso foi aceitado. Portanto o processo [de impeachment] está suspenso. Estou falando aqui porque não podia de maneira alguma fingir que eu não estava sabendo. Mas não é oficial, não sei as consequência;  por favor, tenham cautela. Vivemos uma conjuntura de manha e artimanhas”, afirmou Dilma, em meio a forte ovação do público, após discursar sobre as universidades federais criadas nesta segunda. Com a reação da platéia, Dilma pediu silêncio para falar: “Depois a gente grita de novo”. Dilma voltou a defender que o processo trata-se de um golpe de Estado e destacou que não está sendo acusada de outros crimes que não o de responsabilidade, este também refutado por ela. “Não estou sendo acusada de enriquecimento ilícito, porque não roubei; de ter contas do exterior, porque não tenho usado dinheiro público pra me beneficiar, por que não fiz isso”. Dilma afirmou que os decretos não numerados “eram usuais” e que estão previstos em lei. Ainda em menção às universidades criadas, Dilma destacou que o “golpe” também se dirigia às políticas públicas do seu governo e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Eu quero dizer que isso é fundamental, que a gente perceba que as coisas não se resolvem assim. Vai ter muita luta, vai ter muita disputa. Muita”, afirmou.

Jequié: vice-prefeito assume comando do município


prefeita

O vice-prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) assumiu o cargo de prefeito de Jequié, após o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) ter determinado o afastamento da prefeita Tânia Britto (PP). Já no gabinete, anunciou aos presentes que adotará medidas de austeridade para iniciar a retomada da credibilidade do Município perdida ao longo dos últimos anos em razão das trapalhadas da administração Tânia/Roberto Britto. O primeiro escalão deverá ser anunciado neste sábado, 07, e uma equipe será criada com a responsabilidade de elaborar, com ele, um conjunto de medidas que devem ser implementadas nos próximos cem dias. Também é pensamento do recém-empossado prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, fazer um amplo e profundo levantamento do funcionamento da prefeitura de Jequié, por entender que as mais de 50 denúncias apresentadas ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público Estadual devem ser levadas a sério, pois este é o desejo da população. *Com informações do blog Jequié e Região

 

Jequié: fotógrafo oficial do governador Rui costa agride verbalmente profissional de imprensa


jequie

O governador Rui Costa visitou o município de Jequié para dar boas noticias, na manhã desta sexta-feira (06/05), pena que um integrante da sua assessoria de comunicação não teve o mesmo intuito. De acordo com o Jornalista Zenilton Meire, o fotógrafo Manu Dias, em ato de “estrelismo do rei na barriga” tratou mal companheiros de imprensa e uma pessoa que estava acompanhando a visita do governador, colocou dedo na cara de uma pessoas que ele implicou, quando o mesmo chamou ele de mal educado, e foi contido pelo segurança da comitiva (fotos). O jornalista e fotografo contou em seu blog, que ao registrar o ocorrido chegou a ser ameaçado também pelo colega de profissão, que disse “ Veja o que você vai fazer com essas fotos”, retrucou em tom agressivo. Após o  ocorrido,  o fotógrafo  de “Rei na Barriga” começou a orientar a segurança e apontar pessoas, no Centro de Cultura Antônio Carlos Magalhães (CCACM). “ Ao registrar uma fotografia de um grupo de teatro, um segurança cismou com minha atitude e pediu para ver as fotos registradas, e a que apareceu, pediu para deletar. Lamentável esta situação, tomara que o superior da Secretaria de Comunicação do governo do estado da Bahia, tenha atenção para conter os ânimos de seus subordinados”, disse Zenilton.