Fake News: Justiça Eleitoral desmente mensagem de Whatsapp sobre votos nulos


O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) desmentiu uma “Fake News” que circula em aplicativas de mensagem, como Whatsapp, sobre anulação de votos na eleição que irá ocorrer no próximo domingo (7). O TRE pede aos cidadãos que desconsiderem tal mensagem e não a compartilhem. “A nova mensagem que está circulando diz que caso o eleitor vote apenas para presidente, deixando os demais votos em branco, o voto será anulado, só computando o mesmo quando a votação é completa. É mentira”, diz o informe oficial.

No texto viralizado é dito: “Só um aviso aqui, galera. Ontem passei pelo treinamento para os trabalhos para a justiça eleitoral no próximo dia 7. Lembrem-se de votar em todos os candidatos. Se votar só em Presidente, e votar em branco nos outros, o voto é tido como voto parcial. Logo, seu voto é anulado. Só computa voto válido quando o voto é completo. Questionei isso lá, dizendo que a sociedade não tinha ciência de que voto parcial não é computado como voto válido. Questionei indignado, mas a instrutora foi bem clara em dizer que não era computado. Logo, vamos ficar esperto. Repassem a todos”. (mais…)

É fake pesquisa com vitória no 1º turno no Brasil


Imagem com pesquisa da Universidade do Sul da Califórnia é falsa — Foto: Reprodução/Whatsapp

Circula nas redes sociais uma imagem que mostra uma suposta pesquisa feita pela Universidade do Sul da Califórnia apontando que não há previsão de segundo turno nas eleições presidenciais do Brasil. A imagem mostra Jair Bolsonaro (PSL) com 61% das intenções de voto. Já Ciro Gomes (PDT) aparece com 12%, e Fernando Haddad (PT), com 7%. A imagem e a pesquisa são #FAKE.

A imagem falsa tem um gráfico com as intenções de voto dos três candidatos nos dias 15 e 21 de setembro e a seguinte mensagem: “O Instituto da Universidade do Sul da Califórnia — USC preocupado com as eleições no Brasil, realizou entre os dias 18 e 20/09/2018 sua própria pesquisa. Foram ouvidas 5 mil pessoas em todas as regiões do Brasil. Segundo o USC não há previsão de segundo turno nas eleições do Brasil”.

 A Universidade do Sul da Califórnia afirma que não realizou pesquisa sobre as eleições no Brasil e que a mensagem que está circulando é falsa.

Eleições: veja o que se pode fazer e o que é proibido até a votação


   Leis específicas orientam ações de eleitores e candidatos na       última semana de campanha

Cinco dias antes do primeiro turno e após 48 dias de campanha eleitoral, eleitores e candidatos devem estar atentos às leis que determinam o que eles podem ou não fazer na última semana antes do dia 7 de outubro, quando 147,3 milhões de brasileiros irão às urnas eleger os próximos presidente do Brasil, governadores, senadores, deputados federais e  estaduais. A partir de hoje, a prisão de eleitores, por exemplo, passa a ser proibida, salvo em flagrante delito, crime inafiançável  ou desrespeito a salvo-conduto.

“Nesse período (de terça a domingo), não podem ser expedidos mandados de prisão preventiva ou temporária. Apenas podem ocorrer prisões em flagrante, ou após o trânsito em julgado de uma sentença penal condenatória, por crime inafiançável”, explica Rafael Mattos, advogado eleitoralista e membro fundador da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (Abradep).

Já a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão vai até a quinta-feira (4), data que também é  limite para realização de debates em ambas plataformas. Os candidatos podem, no entanto, manter suas campanhas nas redes sociais.

As regras eleitorais fazem restrições tantos aos votantes como aos 27.025 candidatos do país. Se encerra no próximo sábado (6) o período para fazer propaganda eleitoral com alto-falantes ou amplificadores de som, além da distribuição de material gráfico e realização de carreata.

(mais…)

Poções: APLB sindicato realiza paralisação municipal hoje (01)


A APLB sindicato de Poções informa que por decisão da categoria não haverá aula nesta segunda-feira (01), nas escolas da rede municipal de ensino.

De acordo com a categoria, a paralização tem a seguinte pauta: Reajuste do piso que não foi concedido desde 2017, e os outros direitos garantidos no plano de carreira. Mudança de nível ampliação salarial de dezembro e incentivos a qualificação profissional.

O comunicado foi feito nas escolas na última sexta-feira.

A decisão por paralisação foi tomada na quinta (28) em assembleia.

Termina hoje prazo para emissão de 2ª via do título eleitoral


Termina hoje (27) o prazo para tirar a 2ª via do título eleitoral. A solicitação deve ser aberta no cartório da zona em que o eleitor está cadastrado. A 2ª via só é emitida se o eleitor estiver quite com a Justiça Eleitoral, sem débitos relativos a multas por ausência às urnas ou por ter violado o Código Eleitoral. A situação deve ser regularizada antes do pedido.

As multas em aberto devem ser quitadas por meio de uma Guia de Recolhimento da União, emitida pelo cartório eleitoral, com valores entre R$ 1,05 e R$ 35,14.

Bahia é o estado com mais eleitores com títulos cancelados


Em seguida, aparece São Paulo com 375.169 (1% do total de eleitores do estado). No Paraná, foram 257.941 títulos cancelados, o equivalente a 3,2% do total de eleitores.

Já no Ceará, a quantidade de cancelamentos foi de 234.487 (3,7% do eleitorado). Em termos porcentuais, depois da Bahia, o maior impacto aconteceu em Goiás, onde 4,9% dos títulos foram cancelados (219.426), e no Maranhão, onde a taxa de cancelamentos foi de 4,7% (216.576 títulos).

Ontem (26), o Supremo Tribunal Federal negou o pedido de liberação da votação dos eleitores que tiveram o título cancelado por não terem feito o cadastramento biométrico, apresentado pelo PSB. *Metro 1.

Pesquisa mostra Bolsonaro com 28% e Haddad com 22%


Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (24) para a corrida presidencial mostra os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) isolados em primeiro e segundo lugar, com 28% e 22% das intenções de voto, respectivamente. Assim, de acordo com o levantamento, se as eleições fossem hoje, Bolsonaro e Haddad disputariam o cargo de presidente da República no segundo turno.

No último levantamento Ibope, divulgado em 18 de setembro, Bolsonaro aparecia com os mesmos 28%, enquanto Haddad tinha 19%. Em terceiro lugar aparece o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), que mantém os 11% registrados no levantamento anterior. Na sequência aparece o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PDT), que oscilou de 7% para 8% na preferência do eleitorado. Como a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Ciro e Alckmin estão tecnicamente empatados. (mais…)

Diretora de UPA flagrada fazendo unhas no trabalho é exonerada


Vídeo que circula em redes sociais mostra a diretora de uma Unidade de Pronto-Atendimento da Baixada Fluminense fazendo as unhas com uma manicure em pleno horário de expediente. O flagrante, feito por pacientes, foi na UPA de Comendador Soares, em Nova Iguaçu. A diretora Ana Paula Latini, que não é médica, foi exonerada.

Quem frequenta a UPA reclama de falta de atendimento. O marido de uma paciente conta que procurou o ortopedista, mas, ao chegar, disseram que o especialista tinha ido almoçar e que só retornaria duas horas depois.

Nesta terça-feira (25), pela manhã, havia quatro médicos na UPA. Uma mãe que acompanhava a filha com problemas de vesícula e um pai com o filho de 8 anos passando mal passaram pela triagem e meia hora depois aguardavam atendimento.

Através de nota, a assessoria da Prefeitura de Nova Iguaçu disse que a diretora foi exonerada na segunda-feira (24) e que lamenta o ocorrido. Sobre a falta de atendimento, a assessoria disse que quatro médicos pediram demissão recentemente, mas que já está providenciando a reposição. *Globo.com.

Horário de verão começa em novembro para não atrapalhar eleições


Diferente dos anos anteriores, o horário de verão não vai começar em outubro em 2018. Para quem não se lembra, ainda no ano passado, o presidente Michel Temer anunciou que, neste ano, o início do período se dará somente no primeiro fim de semana de novembro.

A mudança foi feita a pedido do Tribunal Superior Eelitoral (TSE), porque o segundo turno das eleições está marcado para o dia 28 de outubro (domingo) e a apuração dos votos poderia ser prejudicada devido à diferença de horário entre os estados que têm horário de verão e os que não têm.

Legislação alterada

Com a mudança, o texto do Decreto n° 6.558/2008, que regulamenta o horário de verão em todo o país, teve que ser mexido. Agora, está escrito que: “Fica instituída a hora de verão a partir de zero hora do primeiro domingo do mês de novembro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano subsequente, em parte do território nacional adiantada em sessenta minutos em relação a hora legal”.

Mulheres sem candidato a presidente são o dobro de homens


A duas semanas do primeiro turno, o número de mulheres sem candidato a presidente é elevado: na pesquisa Datafolha da última quinta-feira, ao responder de forma espontânea à pergunta “em quem você vai votar?”, 51% delas afirmaram ainda não saber (38%) ou pretender votar nulo ou branco (13%), o que corresponde a 39,4 milhões de eleitoras. Na ponta do lápis, para cada homem sem candidato, há duas mulheres na mesma situação. A pedido do GLOBO, o Datafolha mapeou seu perfil socioeconômico. O resultado revela que 45,3% moram no Sudeste e 54% ganham até dois salários mínimos por mês.
Este grupo, que totaliza 27% de todo o eleitorado, pode definir quais candidatos irão para o segundo turno, o que vai exigir dos postulantes à Presidência esforço redobrado para conquistar sua confiança na reta final. Na avaliação de cientistas políticos, os dados detalhados da pesquisa refletem a frustração com os políticos e o pragmatismo do eleitorado feminino de baixa renda, que ainda não conseguiu identificar entre os candidatos uma resposta a seus anseios.