Vitória da Conquista registra 3 mil casos suspeitos de dengue


A cidade de Vitória da Conquista, registrou 3.342 casos suspeitos de dengue nos primeiros cinco meses do ano, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura do município, no dia 22 de maio. De acordo com o boletim, até o momento, foram confirmados 319 casos de dengue em Conquista. Duas pessoas morreram por dengue hemorrágica. Ainda segundo a prefeitura, foram registrados 481 casos suspeitos de zika e 301 notificações de chikungunya. Três casos de cada doença foram confirmados. A prefeitura tem adotado medidas para diminuir o número de casos de dengue no município. “A gente já vem executando medidas e projetos pilotos no município, e já ficou mais que comprovado que a atuação da comunidade, através de um ato para sensibilizar e conscientizar, é muito importante nesse momento, atrelado a todo o trabalho que a Vigilância vem realizando através dos agentes de combate a endemias no momento das visitas domiciliares”, disse a diretora de Vigilância em Saúde, Ana Maria Ferraz.

V.Conquista: Fiscais continuam nas ruas para garantir comércio fechado


A equipe de agentes da Gerência de Posturas da Secretaria Municipal de Serviços Públicos não para. Desde o início das medidas para a contenção do novo coronavírus em Vitória da Conquista que os fiscais estão nas ruas da cidade, garantindo o cumprimento dos decretos que estabeleceram as normal de isolamento social.

“Desde o decreto do dia 18 de março até o mais recente, publicado no último dia 17, nossa equipe passou a atuar em escala diferenciada e com maior rigor”, afirma o secretário da pasta, Luís Paulo Sousa. Segundo ele, a dedicação e o empenho de cada fiscal tem sido fundamental neste momento. “Se não houvesse a fiscalização, com certeza o estágio da doença em nossa cidade estaria em um patamar muito pior”, diz.

Diariamente, a Gerência de Posturas realiza rondas e atende a denúncias da população. Desde o início das operações, o setor já teve de interditar mais de 80 estabelecimentos, que foram autuados por descumprimento dos decretos. Os fiscais também tem ido a distritos e povoados da zona rural, onde encontram serviços e comércios não essenciais em funcionamento.

Em Conquista 17 profissionais de saúde foram infectados pelo o novo Coronavírus


No sábado (16), a Secretaria de Saúde (Sesau) de Vitória da Conquista divulgou o perfil detalhado dos casos de Coronavírus no município. Dos 63 casos constantes no último boletim epidemiológico, 17 são de profissionais de saúde. Dos teste rápidos aplicados em profissionais de saúde do Hospital de Base, 16 deram positivo. Contudo, esses testes ainda aguardam contraprova pelo Lacen. Assim, muito provavelmente eles ainda não foram inclusos nesses dados. De todos os casos confirmados, 30 são do sexo feminino e 33 do sexo masculino.

Vitória da Conquista registra 74 casos confirmados de Coronavírus


Neste sábado (16), foram confirmados 11 novos casos de Coronavírus em Vitória da Conquista. Com isso, sobe para 74 o número de pessoas infectadas pelo vírus, até o momento. 40 desses pacientes evoluíram para cura e 30 estão em recuperação (cinco estão hospitalizados e 25 em isolamento domiciliar). Além disso, foram registrados quatro óbitos por Covid-19 de pacientes do município.

De acordo com Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde, o município notificou 963 casos com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo Coronavírus. Destes, 730 foram descartados e 159 estão sob investigação (50 aguardam resultado laboratorial e 109 aguardam coleta de amostra para exame laboratorial).

Quanto ao estado clínico dos pacientes que estão sendo investigados: um foi a óbito no dia 10 de maio e seu resultado ainda não foi divulgado pelo Lacen/Salvador, 14 encontram-se internados em unidade hospitalar com quadro de Síndrome Gripal ou Síndrome Gripal Aguda Grave, e 144 estão em isolamento domiciliar.

Os pacientes que testaram positivo para Coronavírus são residentes de 26 bairros do município: Bela Vista, Kadija, Jurema, Cruzeiro, Jardim Valéria, Pedrinhas, Morada dos Pássaros, Cidade Maravilhosa, Sumaré, Guarani, Santa Cruz, São Vicente, Centro, Campinhos, Brasil, Patagônia, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Boa Vista, Vila América, Candeias, Primavera, Lagoa das Flores, Vila Serrana e Ibirapuera.

Desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus é considerada comunitária em todo o território nacional e, por esse motivo, as definições operacionais passaram a ser definidas na Atualização da Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

Call Center –A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza um Call Center para tirar dúvidas da população sobre a Covid-19 e atender pessoas que apresentem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou dificuldade respiratória, na ausência de outro diagnóstico específico. Em crianças com menos de 2 anos de idade, considera-se também a coriza e a obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico.

Fiscais são agredidos, e loja é interditada em Vitória da Conquista


Na manhã desta quinta-feira (14), fiscais da Sesep – Secretaria de Serviços Públicos, em defesa do Decreto Municipal que restringe o funcionamento de salões de beleza e barbearias, foram agredidos pelo vereador David Salomão, com palavras ofensivas e desrespeitosas, aos servidores municipais que estavam trabalhando para cumprir determinação legal.

No interior de uma loja que comercializa óleo e lubrificantes para veículos funciona uma barbearia. A ação dos fiscais visava apenas interditar a barbearia.

O secretário Luis Paulo, titular da Sesep, já acionou a PGM – Procuradoria Geral do Município para mover a devida ação contra o edil pela conduta inadequada.

Interdição

Quando os ficais estavam interditando a barbearia, que funciona no interior de uma loja de óleo, filtros e lubrificantes, o vereador David Salomão expulsou os fiscais do interior do estabelecimento comercial proferindo insultos e agressões contra os fiscais.

Em nenhum instante o proprietário da loja, ou o gerente, ou um outro preposto saiu em defesa dos servidores municipais. Por este motivo a Sesep lacrou, além da barbearia, a loja.

Este ramo, bem como toda a cadeia produtiva de setor de autopeças e serviços têm amparo no Decreto Municipal. Pela conduta omissa da empresa, que permitiu as agressões, o estabelecimento continuará interditado. Caberá a Justiça decidir sobre a questão.

Vitória da Conquista: Sobe para 43 os casos confirmados de Coronavírus


Mais oito casos foram confirmados para infecção pelo Novo Coronavírus em Vitória da Conquista nesta quinta-feira (7), chegando a 43 pessoas contaminadas até o momento – de acordo com Boletim epidemiológico atualizado que acaba de ser divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Quanto à evolução dos pacientes que testaram positivo para a doença, um encontra-se internado, 12 estão em isolamento domiciliar, 26 evoluíram para cura e quatro para óbito. (mais…)

Sobe para 35 o número de casos confirmados de Covid-19 em Conquista


Neste domingo (3), mais um resultado de Covid-19 deu positivo, chegando a 35 o número de casos confirmados no município – de acordo com dados do Boletim epidemiológico que acaba de ser divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Dos casos confirmados, 4 pessoas vieram a óbito. A quarta morte foi registrada na noite do último sábado (2), de um homem de 43 anos, morador do bairro Boa Vista, que não possuía comorbidade.

Além disso, dos 35 casos confirmados, 26 pacientes evoluíram para cura e 5 estão em processo de recuperação, sendo que 1 encontra-se internado e 4 em isolamento domiciliar.

Até às 17h de hoje (3), foram registrados 648 casos notificados com suspeita clinica e epidemiológica de infecção pela Covid-19. Destes, 536 foram descartados e 77 estão sob investigação: 42 aguardam resultado laboratorial e 35 aguardam coleta. Desses casos investigados, 6 estão internados e 71 seguem em isolamento domiciliar.

As amostras coletadas dos casos suspeitos de Covid-19 são enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública, em Salvador, que realiza o exame e divulga o resultado.

Os pacientes que testaram positivo para Coronavírus são residentes de 17 bairros do município: Vila América, Cidade Maravilhosa, Centro, Campinhos, Brasil, São Vicente, Patagônia, Recreio, Alto Maron, Urbis VI, Boa Vista, Candeias, Primavera, Lagoa das Flores, Sumaré, Guarani e Santa Cruz.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, desde o dia 20 de março, a transmissão do novo coronavírus passou a ser considerada comunitária em todo o território nacional, e, por esse motivo, definições operacionais foram discutidas com o objetivo de orientar o serviço de Vigilância na identificação e notificação dos casos de Covid-19. Essas definições são orientadas por meio do Guia de Vigilância Epidemiológica Emergência de Saúde Pública de importância Nacional pela doença da Covid-19 e na Nota Técnica COE Saúde Nº 54 de 8 de abril de 2020, da Secretaria de Saúde do Estado.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de que, neste momento, a população siga as orientações de distanciamento físico e isolamento social, mantendo os cuidados de higiene, evitando aglomerações e, caso apresente sintomas da doença, entre em contato imediatamente com uma Unidade de Saúde ou com o Call Center.

Vitória da Conquista segue com 31 casos confirmados de coronavírus


Nenhum novo resultado foi divulgado hoje (30) pelo Laboratório Central de Saúde Pública, em Salvador, o que mantém o quadro de 31 casos confirmados no município, sendo que 24 deles evoluíram para cura e 3 para óbito. Enquanto que 4 pacientes continuam em recuperação e aguardam alta – 1 permanece internado e 3 estão em isolamento domiciliar.

15 novos casos notificados com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo Novo Coronavírus foram registrados nesta quinta-feira (30), chegando ao total de 625 notificações em Vitória da Conquista, até o momento. As informações são do Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

478 casos foram descartados e 116 estão sendo investigados pela Secretaria Municipal de Saúde: 85 deles aguardam resultado laboratorial e 31 aguardam coleta de amostra para serem enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública, em Salvador, que realiza o exame e divulga o resultado.

Dos casos que estão sendo investigados, 8 encontram-se internados e 108 estão em isolamento domiciliar.

Os 3 óbitos de pacientes com casos confirmados foram: um homem de 69 anos que faleceu no dia 13 de abril; um senhor de 76 anos, que faleceu na última quinta-feira, 23 de abril; e uma mulher de 62 anos que faleceu no último domingo, 26 de abril. As três pessoas possuíam comorbidades (quando duas ou mais doenças estão relacionadas).

Vitória da Conquista: Prefeito Herzem Gusmão mantém comércio fechado; uso de máscara agora é obrigatório


      Foto: Reprodução

Em edição extra do Diário Oficial neste domingo (19), o prefeito de Vitória da Conquista, Hérzem Gusmão (MDB), prorrogou por mais sete dias a suspensão do comércio, varejo e atacado, da cidade, e de locais de prestação de serviço. Além disso, o funcionamento de shopping centers também foi suspenso por mais uma semana, ficando permitido somente o funcionamento de mercados e farmácias localizados no interior desses estabelecimentos.

O prefeito de Vitória da Conquista também determinou que a partir do próximo dia 23 toda a população use máscara para sair às ruas, entrar em agências bancárias e usar o transporte municipal. Segundo o decreto, “os estabelecimentos deverão proibir a entrada de consumidores ou de usuários do serviço essencial que não estejam utilizando máscara, sendo o estabelecimento responsável por esse controle”.

“Os fiscais do município deverão advertir a todos os cidadãos que estiverem na rua sem a máscara da eficácia dessa medida para reduzir os índices de disseminação da doença, bem como dos riscos a saúde própria e de toda coletividade derivada da não utilização desse equipamento de proteção individual”, completa. A obrigação do uso de máscara foi tomada inicialmente em Salvador, anunciada na semana passada pelo prefeito ACM Neto.

Dengue em Vitória da Conquista: Casos chegam a 71 no município


A Prefeitura está intensificando os trabalhos de orientação, fiscalização e combate ao mosquito, mas de acordo com dados do Programa de Controle de Endemias, do início do mês de janeiro deste ano, até essa segunda-feira (13), já foram notificados 679 casos suspeitos de dengue no município, com 71 confirmados. Um aumento alarmante, se comparado com o mesmo período do ano anterior que registrou, apenas no primeiro trimestre, 63 casos notificados com suspeita de dengue, com 6 positivos.

Esse aumento no número de ocorrências de casos já era algo previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, como explica Eliezer Silveira, coordenador do Programa de Controle de Endemias: “Já estava sinalizado que no Nordeste e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, teriam um aumento significativo de ocorrência de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya neste ano, por conta do vírus que está circulando nessas regiões que é o tipo 2. Esse é um tipo que ainda não tinha circulado aqui, então as pessoas não tinham tido contato com esse vírus até então. Por isso, a possibilidade de disseminar na população é muito grande”.

Aliado a isso, está o acúmulo desse período chuvoso que condiciona mais locais para reprodução do mosquito. Com a chuva, qualquer pequeno recipiente que esteja jogado em vias públicas, quintais, terrenos baldios, em cima de uma laje ou em qualquer outro ambiente, proporciona as condições ideais para que o mosquito coloque seus ovos e conclua o ciclo de reprodução no período de 7 a 10 dias, enquanto que numa temperatura mais baixa, ele pode levar de 10 a 12 dias.

Ainda de acordo com o coordenador do Programa, o fator determinante é a colaboração da população no combate ao mosquito: “A gente tem encontrado em torno de 89% de caixas d’águas destampadas ou tampadas parcialmente, dando condições para os mosquitos reproduzirem. Então isso é um fator muito determinante, porque quando a gente faz o levantamento de índice, que chamamos de LIRAa, a gente encontra esse percentual nos depósitos que são caixas d’água nível de solo”, explica Eliezer.

O índice de infestação geral do município é 6.6, de acordo com o último Levantamento Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) feito pelo Programa no mês de fevereiro.

                                                               O trabalho dos agentes de endemias continua firme!

Nesse atual momento de pandemia da Covid-19, os agentes intensificaram as ações educativas e de orientação com os moradores, as visitas aos terrenos baldios e residências que possuem acesso pela lateral, evitando entrar no interior dos imóveis, mantendo sempre uma distância segura de, pelo menos, 2 metros do morador, respeitando todas as orientações de segurança do Ministério da Saúde.

As visitas são feitas de forma sistemática e quinzenal em pontos estratégicos com maior possibilidade de reprodução do mosquito Aedes aegypti, bem como os bloqueios que também vêm sendo feitos com a borrifação perifocal, por meio de equipamentos motorizados costal, nas localidades ou nos quarteirões onde ocorreram casos notificados ou confirmação de casos de qualquer uma das arboviroses.

A vigilância contra o mosquito Aedes aegypti deve ser constante. Todo trabalho vem sendo feito em diversos bairros e os resultados são positivos com a ajuda da população. Cuide do seu quintal e não deixe água parada para o mosquito! Fonte: Secom/PMVC