Conheça 1ª mulher a ser promovida a tenente-coronel na Polícia Militar da Bahia


 

Na sala em tons brancos que, já à primeira vista, lembra um consultório, poucos detalhes dos trajes da pediatra Ana Fernanda de Borja Gonçalves Dantas, 54 anos, a identificam como médica. A roupa, por si, indica: é uma policial.

As duas estrelas douradas [além da prateada] sobre a placa de platina na parte superior do uniforme, no entanto, anunciam que Fernanda não é só uma das 4.848 do efetivo total de policiais militares, mas a primeira mulher promovida a patente de tenente-coronel da corporação na Bahia. O nível hierárquico, nunca antes ocupado por alguém do sexo feminino, coloca Fernanda a um passo do poder que tem o coronel, ou ‘coronel fechado’, maior patente da Polícia Militar.

Ana Fernanda pertencia a um grupo também restrito da comunidade militar feminina: ela era uma das 35 majores atuantes em territórios baianos, ao lado das policiais Denice Santiago, comandante da Ronda Maria da Penha, Maria Cleudi Milanezi, da Barra, e Patrícia Barbosa, do Rio Vermelho. Se levado em consideração o número total de militares da Bahia (31.788), é como se, para cada 100 policiais, apenas 15 fossem mulheres.

A cerimônia de mudança da patente, realizada no último dia 7 de maio, no Quartel do Comando Geral (QCG), no Largo dos Aflitos, marcou o momento em que a “ficha caiu” para a tenente-coronel, médica, bacharel em Direito e mestranda em Administração Pública.

Durante uma entrevista de quase duas horas, no departamento médico do Centro de Operações e Inteligência da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), no Centro Administrativo (CAB), Ana Fernanda contou ao CORREIO os passos da trajetória de 25 anos de corporação até o momento – quando fez história enquanto mulher das Forças Armadas. É no CAB que ela presta assistência médica aos servidores de todos os polos da segurança, às terças-feiras. (mais…)

Participantes têm até esta quinta para pagar taxa de inscrição do Enem


O prazo para pagar a taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O valor é R$ 85 e pode ser pago em agências bancárias, casas lotéricas e Correios. A inscrição só é confirmada após o pagamento.

As inscrições para o Enem foram encerradas na última sexta-feira (17), com 6.384.957 inscritos. O total de participantes confirmados será divulgado no dia 28 deste mês.

Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa e concluiu a inscrição no prazo tem participação garantida.

As provas serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem, por exemplo, para se inscrever em programas de acesso à educação superior como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) ou de financiamento estudantil (Fies).

PF deflagra operação contra pornografia infantil em oito estados


A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (23) a Operação Nêmesis, com o objetivo de reprimir a prática de crimes de produção, armazenamento e distribuição de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes.

Estão sendo cumpridos 28 mandados de busca em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraíba, Sergipe e Maranhão.

Cerca de 120 policiais federais participam da ação.

Segundo a PF, os suspeitos poderão responder por crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O nome da operação é uma referência à mitologia, na qual Nêmesis simboliza a indignação pela injustiça praticada e a punição divina diante do comportamento desmedido dos mortais. Sua função essencial era restabelecer o equilíbrio quando a justiça deixa de ser praticada.

De acordo com a PF, a iniciativa coincide com a semana do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes que é celebrado anualmente em 18 de maio. A escolha dessa data é em memória do caso Araceli, crime que chocou o país na década de 70. Araceli Crespo, então com 8 anos de idade, foi violada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. Os culpados jamais foram identificados e punidos. * Bahia.Ba

Homem mata a ex, invade igreja e atira contra fiéis em MG


Foto: Ailton Pinheiro/Arquivo pessoal

Um homem esfaqueou e assassinou a ex-namorada na noite desta terça-feira (21) em Paracatu, região Noroeste de MG, e depois invadiu uma igreja evangélica na mesma cidade e matou mais três pessoas a tiros: duas mulheres e um homem. De acordo com a Polícia Militar (PM), a intenção de Rudson Aragão Guimarães era matar um pastor que, segundo a polícia, é casado com a ex-namorada dele. O pastor, cujo nome não foi informado, conseguiu escapar do ataque. As vítimas são a ex-namorada do assassino, Heloísa Vieira Andrade, de 59 anos; as fiéis Rosangela Albernaz e Marilene Marins de Melo Neves, cujas idades ainda não foram informadas; e Antônio Rama, pai do pastor alvo do ataque.

Foto: Divulgação

O delegado Marcelo Alexandre dos Santos disse que ainda está apurando os fatos. “Ainda é prematuro dizer que se trata de crime passional. É preciso ouvir mais pessoas porque é temerário no momento dizer que é crime passional .As pessoas que estavam no local disseram que o pastor vinha sendo ameaçado por ele há algum tempo. Nossa linha de investigação é descobrir a motivação e porquê ele tinha essa desavenças, fazia essas ameaças contra o pastor”, disse Marcelo. A PM informou que o assassino foi até a casa da mãe dele, no Bairro Bela Vista, onde estava a ex-namorada, Heloísa. Armado com um canivete, ele surpreendeu a vítima com um golpe no pescoço. A mulher foi socorrida, mas não resistiu. Em seguida, ele pulou a grade de proteção da Igreja Batista Shalom, que fica no mesmo bairro, e atacou os fiéis que participavam de um culto. Os policiais chegaram à igreja pouco depois de Heloísa ser esfaqueada. No local, já haviam sido mortos duas pessoas, uma delas com um tiro na cabeça. Outro refém foi feito e, segundo a PM, o assassino disparou assim que viu os policiais e foi baleado. “Não houve tempo sequer para negociar”, disse uma policial. O assassino foi levado para um hospital e permanece internado em estado grave. A PM informou que evitou que um grupo de pessoas invadisse o prédio para matar o homem.Fonte: G1.

Mulheres batem em bebê de 5 meses em creche; veja vídeo


Um vídeo que mostra duas mulheres agredindo um bebê de cinco meses dentro de uma creche em Vitória virou material de investigação policial e também da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Políticas sobre Drogas, da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales).

A creche, que ainda não foi identificada, fica no bairro Maria Ortiz. Pelas imagens, é possível perceber que as mulheres agridem a criança quando ela chora. Uma delas bate na cabeça do bebê com um celular e a outra dá tapas.

Depois de um tempo, uma delas ainda tira o bebê do carrinho bruscamente e esfrega um pano no rosto dele.

Veja:

A mãe do bebê fez o Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil e o caso segue sob investigação.

O caso também foi apurado pela Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Políticas sobre Drogas, que vai divulgar os resultados na tarde desta terça-feira (21) por meio de entrevista coletiva.

Jacobina: Cirurgia retira pedra de 1,3 kg e 18 cm de bexiga de paciente


Foto: Renan Oliveira Barreto

Uma pedra de mais de 1,3 quilo e com 18 centímetros foi retirada de um homem durante uma cirurgia em Jacobina, no Piemonte da Diamantina. O fato ocorreu no Hospital Antônio Teixeira Sobrinho nesta segunda-feira (20). O lavrador, de 51 anos, se submetia ao procedimento para retirada da pedra localizada na bexiga. Segundo o G1, o médico que realizou a cirurgia, João Cleber Coutinho, disse que essa é uma das maiores pedras em bexiga já registradas no mundo.

Ao profissional, o paciente relatou que há 10 anos sentia ardência ao urinar e um peso no “pé” da barriga. No entanto, só em janeiro ele procurou saber as causas. Através de exames foi identificado um cálculo de 10 cm na bexiga. Encaminhado para Salvador, o paciente foi orientado a passar por cirurgia. O procedimento foi feito em Jacobina e durou cerca de 1h. Seis médicos participaram do trabalho. A última informação é que o homem passa bem.

Homem é preso por manter companheira amordaçada por 36h


Um homem de 33 anos foi preso suspeito de espancar a companheira, de 19, e, logo em seguida, mantê-la em cárcere privado, amarrada e amordaçada, por 36 horas, em Posse, região nordeste de Goiás. A vítima, Keilla Carneiro de Carvalho, teve diversos hematomas, principalmente na região do rosto, e está internada.

O suspeito, Leandro Sousa Sampaio, procurou a polícia na tarde desta terça-feira (21), em Alvorada do Norte, distante 58 km de Posse, quando foi cumprido um mandado de prisão preventiva já expedido pela Justiça contra ele. A corporação não soube dizer o nome do seu advogado.

De acordo com o delegado Alexandre Câmara, responsável pelo caso, a jovem prestou depoimento ainda no hospital e relatou o que aconteceu. Segundo ela, eles tiveram uma discussão e então o companheiro começou a agredi-la.

“Ela começou a ser agredida na madrugada de quinta-feira [17]. O que chamou a atenção e que deixa a situação muito complicada é que ele amarrou as mãos e os pés dela com uma fita adesiva, a amordaçou e a manteve assim até as 17h de sexta-feira [18]. Depois, ele entendeu por bem deixar ela sentada ao lado de um guarda-roupas e foi dormir”, afirma. Fonte: Globo.com.

Depois de 15 anos, Série A do Campeonato Brasileiro volta a ter mulher como árbitra


Edina Batista Alves, árbitra — Foto: CBF

Edina Batista, da Federação Paulista de Futebol, será a segunda mulher na história do futebol brasileiro a apitar como árbitro central um jogo da Série A – CSA x Goiás, pela sexta rodada. Edina também será a representante da arbitragem brasileira na Copa do Mundo Feminina de futebol.

No último fim de semana, Edina Alves Batista apitou o jogo entre América-MG e Sport. A partida vencida pelos pernambucanos fora de casa por 2 a 1 não teve grandes interferências da juíza.

A primeira mulher a apitar uma partida da série A foi Silvia Regina em 2003, no jogo Guarani x São Paulo. A própria Silvia Regina, hoje em dia ex-árbitra, estará presente como supervisora do VAR. O anúncio foi feito, agora há pouco, em audiência pública na sede da CBF, pela a Comissão de Arbitragem da CBF dirigida por Leonardo Gaciba. Segundo o presidente da comissão, Edina serve de exemplo para outras árbitras.

– Eu só consigo ver meus árbitros como pessoas iguais. Acho que ela serve como exemplo não só para mulheres, mas para todos. A Edina era bandeira, abriu mão do escudo da FIFA, de árbitra internacional, porque tinha o sonho de ser árbitra central. Então, ela voltou às categorias de base, começou a apitar na base, largando o escudo internacional de auxiliar. Ela já conseguiu alcançar o quadro internacional como árbitra central e, hoje, está chegando na Série A. Para mim, ela é um exemplo para todo mundo. *G1.

Rui diz que greve nas universidades estaduais foi ‘partidarizada’


O governador Rui Costa classificou a greve das universidades estaduais como “partidarizada”. Ex-sindicalista, Costa disse que “nunca viu” uma greve começar antes mesmo da primeira rodada de negociação.

“A greve começou antes da primeira reunião. Fui sindicalista 15 anos. Nunca vi isso na minha vida. A condução não é para chegar a solução. A solução que querem encontrar é se firmar no movimento, está claro”, acusou, durante entrevista hoje (20), à Rádio Metrópole.

Rui disse ainda que “não adianta fazer card ofendendo”. “Isso não vai me fazer perder o equilíbrio”. “Quando veja que na Uefs [Universidade Estadual de Feira de Santana], se gasta o dobro de vigilância do que nas outras universidades. Só tem um campi. Gasta mais que Conquista, que tem três. Gastar o dobro com empresa de vigilâncias melhora educação? Isso pra mim é desperdício de dinheiro público”, classificou.

O petista sinalizou que deve nomear o reitor da Uefs. “O documento [que mandaram] não está de acordo com a lei. O MP respeita a lei, a Defensoria respeita, a Justiça respeita e o processo estava todo errado. Pedi que refizesse, em conformidade com a lei, com lista tríplice. Primeira vez na história que não se fez de acordo com a lei. Um governador não pode ser cúmplice de processo ilegal. Hoje devemos despachar [e nomear]”.

Poções: Jovem tem rosto atingido por tiro acidental de arma de fogo


Na noite desta sexta-feira (17), um jovem foi atingido por um disparo acidental de arma de fogo que quase tirou a sua vida em Poções. O jovem de nome não informado ficou ferido após disparar um tiro acidental de uma espingarda (arma de fabricação caseira) contra o próprio rosto. a vítima teve o olho atingido. apos ser socorrido pelo Samu 192 deu entrada na UPA 24h e posteriormente foi transferido para Vitória da Conquista. O conselho tutelar não informou detalhes nem a idade do jovem.