Isolamento social pode prejudicar desenvolvimento da fala de crianças


O isolamento social – medida adotada para combater a propagação do novo coronavírus – pode trazer alguns prejuízos no desenvolvimento da fala e linguagem das crianças obrigadas a ficar em casa devido à pandemia, alertam especialistas. “Principalmente pela falta de estímulos ambientais e sociais que estavam anteriormente expostas, como por exemplo, na escola, saída com amigos e passeios em família”, explica a fonoaudióloga e especialista em linguagem Lilian Papis. 

Mesmo com a reabertura das escolas, muitos pequenos mantiveram sua rotina em casa com os pais trabalhando em home office ou sob os cuidados de outros adultos. Agora, com as férias escolares e o aumento do número de casos de covid-19, muitos pequenos voltarão a ficar exclusivamente em casa o que deve aumentar o uso de aparelhos eletrônicos como tablets, celulares ou computadores para distrair e entreter as crianças que acabam ficando privadas da comunicação verbal.

“Pode começar a haver atrasos no desenvolvimento oral, como também gráfico, dificuldades auditivas, tanto periféricas, pelo alto volume ou uso excessivo de fones de ouvido, como também de atenção e concentração e processamento auditivo central”, aponta a fonoaudióloga.

Os meses de quarentena em casa provocaram mudanças nos hábitos até mesmo das crianças que não tinha uma rotina escolar, pois os parques, clubes, praças e áreas de lazer foram fechados para evitar aglomerações.

É o caso do filho da zootecnista Paula Amano Yoshisato, Roberto, de 2 anos e meio. Ela conta que os planos eram que Roberto começasse a frequentar a escola este ano, mas, com a pandemia, ele continuou em casa, aos cuidados da mãe, em tempo integral. “Tínhamos mais contato com outras pessoas e área externa. Agora, ele quer ficar mais tempo em eletrônicos.”

Paula conta que, com a falta de convívio com outras pessoas e crianças, o filho deixou de falar as poucas palavras que já conhecia. Segundo os médicos e fonoaudiólogos, é um processo comum a crianças nessa idade que precisam de estímulos corretos para voltar a falar.

A mãe tem se esforçado para diminuir os efeitos negativos do isolamento no garoto. “Tenho estudado mais sobre atividades, como brincar com tinta, piscina, areia, hortinha”, conta Paula.

Na avaliação da fonoaudióloga Lilian Papis, crianças que estão começando a falar, por volta de 1 ano ou que estão em pleno desenvolvimento de fala e linguagem, entre os 2 ou 3 anos, devem ser diariamente estimuladas através dos cinco sentidos, audição, visão, tato, olfato e paladar.

“É primordial cantar músicas, brincar com miniaturas, fantoches, contar histórias, nomear figuras ou pedir para que as repita, falar frases relacionadas ao que estão comendo, apresentar diferentes sabores ao seu paladar e estimular o olfato através do cheiro da comida, frutas; imitar sons de animais, meios de transporte, objetos eletrodomésticos, brincar de fazer caretas, mandar beijos, estalar a língua também ajudam muito”, enumera Lilian.

Retrocessos

(mais…)

Passageiros registram superlotação em ônibus de transporte coletivo de Ilhéus


Foto: TV Santa Cruz

Passageiros do transporte de ônibus da empresa de São Miguel, em Ilhéus, cidade no sul da Bahia, registraram superlotação em coletivos na tarde de quarta-feira (23). A situação aconteceu nas linhas que vão para Sapucaeira e Sambaituba, zona rural do município.

Por causa das constantes reclamações dos passageiros, a Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran) fez um relatório apontando a quantidade de ônibus circulando no município. O órgão identificou que as empresas estão rodando com menos de 100% da frota, como determina o decreto municipal.

No relatório, realizado no fim de outubro, a Sutran confirmou que as empresas Viametro e São Miguel estavam circulando com, no máximo, 71% da frota estabelecida no contrato, que é de 120 ônibus.

O caso foi informado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), que entrou com uma ação civil pública contra as duas empresas, por não estarem com 100% da frota rodando. Além de descumprir o decreto municipal, as empresas estão colocando em risco a vida dos passageiros.

A equipe de reportagem da TV Santa Cruz tentou entrar em contato com a empresa São Miguel para saber sobre a lotação do ônibus mas, até a publicação desta reportagem, não obteve retorno.

Até quarta-feira (23), Ilhéus tinha mais de 8,8 mil casos confirmados da Covid-19, de acordo com o boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). *G1

Bahia registra 2.598 casos da Covid-19 em 24h


A Bahia registrou 2.598 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h, segundo dados divulgados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na tarde desta quinta-feira (24).

De acordo com a secretaria, a taxa de crescimento no número de casos foi de +0,5% e na de recuperados +0,7%. O boletim epidemiológico ainda contabiliza 31 óbitos, que ocorreram em datas diferentes. O número total de mortes, desde o início da pandemia, é 8.924 o que representa uma letalidade de 1,86%.

Segundo a Sesab, são 479.553 casos confirmados desde que a pandemia começou. Desses, 461.700 já são considerados recuperados e 8.929 encontram-se ativos.

A secretaria informou que 56,53% ocorreram no sexo masculino e 43,47% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,84% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,67%, preta com 14,70%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,98% dos óbitos.

O percentual de casos com comorbidade foi de 71,12%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,58%).

boletim completo está disponível no site da Secretaria de Saúde e também em uma plataforma disponibilizada pela Sesab.

Justiça paulista nega liminar e mantém fechamento de shoppings


Por Camila Boehm

A Justiça paulista negou nesta quinta-feira (24) liminar à Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), que pedia a suspensão do fechamento de shoppings centers de 25 a 27 de dezembro e de 1º e 3 de janeiro. Segundo a entidade, a medida estabelecida pelo governo de São Paulo causará prejuízos financeiros ao setor representado.

Nesses dias, somente atividades essenciais poderão funcionar. O atendimento presencial fica proibido em shoppings, lojas, concessionárias, escritórios, bares, restaurantes, academias, salões de beleza e estabelecimentos de eventos culturais. Por outro lado, farmácias, mercados, padarias, postos de combustíveis, lavanderias e serviços de hotelaria estão liberados.

A medida restritiva foi divulgada pelo governo paulista na última terça-feira (22), em decorrência do retorno do estado à Fase Vermelha. Todas as regiões do estado estão em alerta devido à evolução de casos, internações e mortes por covid-19.

Segundo pedido da Abrasce, entregue ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), “a imposição de fechamento dos shopping centers, em período crucial para o comércio, mostra-se desarrazoada e desproporcional, tendo em vista a estrutura privilegiada ofertada por esses estabelecimentos, do ponto de vista sanitário, e dos rígidos protocolos a que estão submetidos os empreendimentos dessa natureza”.

A entidade afirma que a estrutura e os protocolos adotados “possibilitam a tomada de medidas efetivas para a prevenção da covid-19 nesses ambientes, em lugar do fechamento do complexo ao público”.

Na decisão, a desembargadora Beatriz Braga afirma que, no período do natal e ano novo, ocorre movimentação intensa nos shoppings centers, causando aglomerações. “Tal panorama, inserido no contexto da pandemia, poderá, de acordo com a análise da imensa maioria dos profissionais que atuam na área da saúde, em especial em atendimento a pacientes vítimas do vírus, favorecer a propagação da doença. E no pensamento entre os direitos envolvidos, por certo o direito à saúde prevalece sobre o econômico”.

Poções: PM prende homem por tráfico de entorpecentes no município


Na manhã desta segunda-feira (21), policiais militares da 79ª CIPM prenderam um homem que cultivava uma plantação Cannabis Sativa (maconha) no bairro do Tigre, em Poções.

Os militares realizavam rondas de rotina quando foram informados pela CENOP (Central de Operações) sobre a localização de uma plantação de Cannabis. Com base nas informações, a guarnição iniciou imediatamente o patrulhamento até que localizou a plantação contendo 14 (quatorze) Cannabis Sativa e conteve seu proprietário.

Diante do fato ilicito, autor e plantas apreendidas foram encaminhados à presença da autoridade competente, para que as medidas legais fossem aplicadas. Fonte: 79ª CIPM, ASCOM.

Chegam à Bahia 120 respiradores enviados pelo governo federal; 10 para o Hospital Geral de Vitória da Conquista.


O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, encaminhou ao governo da Bahia 120 respiradores para a abertura de novos leitos de UTI para tratamento de pacientes infectados com a Covid-19.

Deste total, 60 foram entregues no Hospital Espanhol. Os outros 60 ventiladores serão distribuídos para a rede estadual na capital e interior.  Serão encaminhados 30 para o Hospital Geral Ernesto Simões Filho, em Salvador, 10 para o Hospital Regional da Chapada, em Seabra, 10 para o Hospital Regional de Juazeiro e 10 para o Hospital Geral de Vitória da Conquista.

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, pontuou que este foi um exemplo de como a união entre governos estadual e federal pode ser proveitosa.

“Esta é uma demonstração de como, juntos, nós podemos fazer mais e ter melhores resultados. É um exemplo para que possamos enfrentar a segunda onda da Covid-19”, afirmou o secretário.

Ilhéus e Itororó: PF investiga contratos da Covid-19 e cumpre mandados


Foto: Redes Sociais

Estão sendo executados, na manhã desta terça-feira (22), pela Polícia Federal, nove mandados nas cidades de Ilhéus e Itororó, incluindo, na casa do Secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela e na Secretaria de Saúde de Ilhéus. A investigação é referente ao contrato n° 110/2020, com a HSC, para fornecimento de pessoal para atuar na Central COVID, instalada no Centro de Convenções de Ilhéus.

As secretarias de Saúde e de Comunicação da Prefeitura até agora não se pronunciaram sobre as investigações e o cumprimento dos mandatos pelos agentes. A Prefeitura de Itororó até agora nada disse. A Delegacia da Polícia Federal, em Ilhéus, também não fez qualquer comunicado sobre as ações nas duas cidades. É provável que informações sejam repassadas em coletiva de imprensa ou mesmo no site oficial da instituição.

Nova Canaã: Ex-prefeito morre vítima da Covid-19


Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Nova Canaã, no Médio Sudoeste baiano, Edmir de Souza Costa, morreu vítima da Covid-19 nesta segunda-feira (21). Em nota, a prefeitura lamentou o fato e manifestou pesar e solidariedade à família do ex-gestor. Segundo o Blog do Rodrigo Ferraz, Edmir Costa estava internado em um hospital de Vitória da Conquista, mas não resistiu ao agravamento da doença. Edmir de Souza Costa nasceu em 10 de fevereiro de 1924, mudou-se para Nova Canaã a trabalho e governou a cidade nos períodos 1971 a 1972 e 1977 a 1982. Das marcas da gestão dele foram as construções do Hospital Municipal e do estádio de futebol que levam o nome dele.

Após acusação de racismo, E.C. Bahia afasta Índio Ramírez e presta solidariedade a Gerson, do Flamengo


Após a acusação de Gerson, meio-campista do Flamengo, contra o jogador Índio Ramírez, do Bahia, o clube tricolor anunciou, na noite deste domingo (20), o afastamento do meia-atacante. O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani ligou para Gerson para prestar solidariedade.

O Bahia afirmou que, apesar de o atleta Índio Ramírez “negar veementemente a acusação” de racismo, o clube “entende, porém, que é indispensável, imprescindível e fundamental que a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza”.

O E.C Bahia ainda declarou que a Ramírez está sendo dada a oportunidade de se defender da acusação, que vai ficar longe dos campos até que as medidas cabíveis sejam tomadas e concluídas.

Após a partida, o meio-campista do Flamengo narrou à imprensa o ato do qual acusa o atleta do tricolor baiano. “O Ramírez, do Bahia, falou para mim: ‘Cala a boca, negro’. Eu nunca reclamei na imprensa, mas isso eu não aceito. Eu vim falar em nome de todos os negros. O Mano Menezes também tem que saber respeitar”, declarou.

Ainda na noite deste domingo (20), o técnico Mano Menezes foi demitido do Bahia após a derrota para o Flamengo, marcada pela acusação de racismo feita pelo meia Gerson, do clube carioca, contra Índio Ramírez, do tricolor. Em áudios exibidos pelo SporTV, é possível ouvir Mano acusando o jogador do clube carioca de “malandragem”. *Bnews.