Projeto de lei prevê que empregador pague ‘auxílio home office’ a funcionários


Projeto de lei apresentado pelo deputado Márcio Marinho (Republicanos-BA) na Câmara dos Deputados prevê criação de ‘auxílio home office’, que seria pago pelo empregador aos funcionários que estiverem trabalhando de casa. De acordo com o Projeto de Lei 5.341/20, as despesas relacionadas ao trabalho são: internet, energia elétrica, softwares e hardwares e infraestrutura necessária ao trabalho remoto. O texto prevê que o empregador contribuirá com 30% dos gastos com esses itens. O pagamento seria feito no mês posterior ao da comprovação das despesas, preferencialmente com o salário.

A proposta estabelece que o benefício concedido não tem natureza salarial nem se incorpora à remuneração. Assim, não teria incidência de contribuição previdenciária nem de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O auxílio também não se configura como rendimento tributável do trabalhador.

Segundo o autor da proposta, o objetivo do projeto não é repassar todo o ônus das despesas ao empregador, tampouco que o empregado suporte toda essa carga. “O que se pretende é que o empregador custeie parte das despesas que, consequentemente, aumentaram com a permanência do empregado em casa. Para isso, acredita-se que 30% de ajuda de custo, fornecida pelo empregador, às despesas efetivamente comprovadas, seja um justo parâmetro para ambas as partes envolvidas na relação de trabalho”, disse Marinho. / AGÊNCIA CÂMARA DE NOTÍCIAS

Estudo aponta que vacina da Pfizer é eficaz contra mutações do coronavírus


 

  Por Marina Ferraz

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer em parceria com a alemã BioNTech parece funcionar contra mutações do novo coronavírus. Esse é o resultado de um estudo clínico realizado pela farmacêutica norte-americana e pela University of Texas Medical Branch.

Os resultados do estudo ainda não foram revisados por pares da farmacêutica e cientistas da universidade. As informações são da Reuters.

Novas variantes do Sars-CoV-2, coronavírus responsável pela covid-19, foram descobertas no Reino Unido e na África do Sul. Diversos países já registraram casos de infecção pelas mutações.

No Brasil, o laboratório Dasa informou em dezembro que identificou 2 casos em São Paulo. Segundo a empresa, é a mesma cepa encontrada no Reino Unido. Rio de Janeiro e Bahia registraram um caso cada da mutação E484K, descoberta na África do Sul.

O cientista da Pfizer Phil Dormitzer disse que o imunizante da farmacêutica se mostrou eficaz contra a mutação N501Y, considerada uma das mais transmissíveis, e outras 15 variantes testadas anteriormente.

Testamos 16 mutações diferentes, e nenhuma delas teve um impacto significativo [na eficácia da vacina]. É uma boa notícia“, declarou. “Isso não significa que a 17ª [mutação] não terá”.

Ele informou que os pesquisadores planejam realizar novos testes para ter conclusões mais detalhadas da eficácia da vacina nas mutações encontradas no Reino Unido e na África do Sul. Segundo ele, a variante E484K, encontrada no país africano, preocupa pela sua alta taxa de transmissão.

Resultados da fase 3 de testes da vacina da Pfizer/BioNTech, feita com 44.000 participantes, mostraram que o imunizante tem 95% de eficácia na proteção da covid-19. São necessárias duas doses, com intervalo de 3 semanas entre elas.

A vacina foi aprovada para uso definitivo em Canadá, Arábia Saudita e Bahrein. Estados Unidos, União Europeia e mais 13 países aprovaram o uso emergencial do imunizante.

Cada dose custa de US$ 14,76 a US$ 19,50 –um dos valores mais elevados entre os imunizantes desenvolvidos no mundo contra a covid-19. Além do preço, o imunizante da Pfizer tem outra desvantagem com relação às vacinas de outras farmacêuticas: a temperatura de armazenamento.

A vacina precisa ser armazenada de -80°C a -60°C. Pode permanecer por 5 dias em temperaturas de 2°C a 8°C.

O Brasil chegou a negociar a compra de 70 milhões de doses, mas o acordo ainda não foi finalizado. Em entrevista concedida nessa 5ª feira (7.jan.2021), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, criticou as exigências da farmacêutica. Afirmou que as negociações continuam.

Amanhã tem novas reuniões. O que nós queremos é que ela nos dê o tratamento correspondente com nosso país, que ela amenize essas cláusulas. Nós não podemos assinar desta forma”, declarou.

O ministro afirmou que a empresa exige ser isenta de qualquer responsabilidade, caso a vacina produzida por ela apresente alguma falha ou reação adversa grave em um ou mais pacientes.

Empate do Vasco empurra o Bahia para a zona de rebaixamento


Após o empate entre Atlético Goianiense e Vasco, o Bahia perdeu uma posição e agora ocupa a décima sétima posição no Campeonato Brasileiro da Série A, o primeiro na zona de rebaixamento da competição. O time carioca ultrapassou em um ponto o time baiano e agora possui 29 pontos contra 28 do time comandado por Dado Cavalcanti.

Aliado a isso, o Bahia segue com a sequência de sete derrotas seguidas na competição, o que deixa o  time em uma situação complicada na disputa direta contra os adversários.

Com mais essa pressão, o Bahia encara no domingo (10) o Atlético Goianiense, em Goiânia pelo Campeonato Brasileiro da Série A.

Nove pessoas são detidas em caso de abuso sexual de menina de 12 anos em Una


Imagem: Reprodução

Nove pessoas foram detidas nesta segunda-feira, 7, após operação da Polícia Civil no município de Una. Elas irão ter que prestar esclarecimentos sobre os abusos sexuais sofridos por uma garota de 12 anos. Segundo informações da polícia, a garota era vítima dos abusos desde março do ano passado. Entre os suspeitos, está um comerciante local, que usava o estabelecimento como local para praticar a violência, além de um membro da família, que sabia da situação e chantageava a adolescente com o intuito de também abusá-la. Durante a ação conjunta das Delegacias Territoriais de Una e Canavieiras, oito celulares e dois computaram terminaram sendo apreendidos pelas equipes. O grupo detido e todo o material confiscado foram encaminhados à Polícia Civil.

Bolsonaro lamenta 200 mil mortes, mas sugere que nem todas foram por Covid: “Vida continua”


Durante live na noite desta quinta-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro lamentou as mais de 200 mil mortes pela Covid-19 registradas no Brasil. O mandatário chegou a sugerir que nem todos os óbitos tenham sido causadas pelo vírus. “A gente lamenta hoje, que estamos batendo aí 200 mil mortes, muitas dessas mortes com Covid e outras de Covid, temos uma linha de corte e no tocante é isso daí, mas a vida continua. A gente lamenta profundamente.

Eu estou preocupado com minha mãe que tem 93 anos de idade, se ela contrair o vírus ela vai ter dificuldade pela sua idade, mas temos que enfrentar isso aí”, afirmou. “Não adiantar apenas continuar como alguns querem continuar com aquela velha história de ‘fique em casa, que a economia a gente vê depois’. Isso não vai dar certo. Vai ser um caos no Brasil. Pode levar as condições mais dramáticas ainda do que as consequências do vírus”, completou.

Bahia ultrapassa meio milhão de casos da Covid-19 em 10 meses de pandemia


Bahia ultrapassou a marca de meio milhão de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em 10 meses de pandemia. Nesta quarta-feira (6), segundo informações divulgadas pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), 3.038 novos casos da doença foram registrados nas últimas 24 horas. O boletim ainda registra 28 novos óbitos, ocorridos em diversas datas. Desde o início da pandemia, 9.304 pessoas morreram na Bahia por complicações da Covid-19. Apesar do registro de mortes, a taxa de letalidade segue estável, em de 1,85%. Ainda segundo o boletim, dos 502.938 casos confirmados desde o início da pandemia, 488.294 já são considerados recuperados, enquanto 5.340 encontram-se ativos. De acordo com a Sesab, o boletim epidemiológico divulgado registra 892.260 casos descartados e 123.193 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta quarta.

Presidente da Câmara assume interinamente prefeitura de Firmino Alves


O presidente da Câmara de Vereadores de Firmino Alves, vereador Fabiano Sampaio, tomou posse interinamente da prefeitura, na manhã desta quarta-feira (6), em cerimônia realizada na asa legislativa. O vereador assumiu o cargo após o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) indeferir o registro de candidatura de Padre Aguinaldo (PDT), que foi eleito prefeito da cidade. Ele chegou a tomar posse, mas teve a diplomação e a posse anuladas pelo TRE. Com isso, o presidente da Câmara de Vereadores assume a prefeitura até decisão final do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Caso seja mantida a anulação da candidatura de Padre Aguinaldo, novas eleições serão realizadas na cidade.

A posse de Fabiano Sampaio deveria ter ocorrido na terça-feira (5), mas protestos de apoiadores de Padre Aguinaldo impediram a cerimônia. Na manhã desta quarta, antes da sessão começar, já tinha muita gente em frente à Câmara Municipal de Firmino Alves. Apoiadores do Padre Aguinaldo protestavam com cartazes. Para evitar tumulto, a Polícia Militar reforçou a segurança na área.

A sessão começou com plenário lotado. Oito dos nove vereadores que fazem parte da casa, participaram da sessão solene que empossou Fabiano Sampaio. Após a sessão, o prefeito interino saiu da Câmara e seguiu a pé até a prefeitura, onde ele assumiu o gabinete. Com o presidente da Câmara tomando posse como prefeito interino, o comando da casa legislativa de Firmino Alves ficou com o vereador Evangevaldo Paixão (PDS). Fonte: G1

Homem morre engasgado com caroço de umbu em Guanambi


Eli Flávio Santos de 32 anos morreu após engasgar com caroço de umbu, no início da tarde deste domingo (3) em Guanambi. O caso ocorreu por volta das 12h, na fazenda Lapinha, na região do distrito de Mutãs.

De acordo com o site Sudoeste Bahia, Eli estava chupando umbu quando começou a passar mal, e assim que a família percebeu que ele estava com falta de ar, acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A vítima era portadora de deficiência auditiva. Eli Flávio ainda foi encaminhado ao Hospital Geral de Guanambi (HGG), mas chegou na unidade hospitalar sem vida.

O corpo da vítima foi encaminhado pelo Departamento de Polícia Técnica para o Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi. Informações: Agência Sertão

Sudoeste: Jovem morre em cachoeire na zona rural de Manuel Vitorino


Uma diversão acabou se tornando uma tragédia no primeiro dia do ano 2021 na região do Penachinho. Um jovem de aproximadamente 23 anos, morreu após cair em um dos poços da pancada, localizado na zona rural do município de Manoel Vitorino.

De acordo com as informações, o jovem foi retirado já sem vida. Como o PENACHINHO NEWS divulgou anteriormente a ‘cachoeira da Pancada’ a paisagem verde, que embelezada pela água, deixa a sensação de calmaria. Porém em alguns pontos, há poços fundos e pedras escorregadia. Mesmo onde não é tão fundo, é perigoso entrar no local por conta do risco de afogamento, mesmo para quem sabe nadar. As informações são do PENACHINHO NEWS